Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Presidente gremista diz que não se fez tudo que se devia na temporada

Por Da Redação 12 out 2011, 19h42

A situação do Grêmio não é boa no Campeonato Brasileiro. O discurso antes da primeira rodada era o de disputar o título. Após 29 jogos, clube ocupa o 12lugar e ser campeão está fora de cogitação. Até mesmo uma vaga à Libertadores parece ser bastante improvável. O momento do presidente Paulo Odone é muito pior.

O dirigente está em atrito com a torcida. Os xingamentos em relação ao seu nome são constantes no Olímpico. Nas entrevistas, ele não se ajuda. Após a vitória sobre o Cruzeiro, em casa, Odone alfinetou o ex-técnico Renato Gaúcho, ídolo eterno do Tricolor. Suas declarações não foram bem assimiladas pelos gremistas.

‘Não se fez tudo que se devia fazer. Vamos fazer no ano que vem. Assumi a presidência e não deu certo até aqui. Vai dar certo no ano que vem’, comentou, jogando a toalha em relação a 2011. O mandatário mostrou estar incomodado com os questionamentos durante sua entrevista coletiva após a derrota por 3 a 1 para o Figueirense.

Suas respostas foram sempre na defensiva e as mais sucintas possíveis. Boa parte das vaias após a partida foram endereçadas ao principal cartola do clube. ‘Uma vaia merecida. Tinha que ser dada’, admitiu, generalizando os apupos. A atuação da equipe indignou Odone. ‘A vaia tem um pouco de tudo. Não pode entrar com a disposição que entrou hoje’, reclamou.

Nos escritórios do Olímpico a próxima temporada já está em pauta. Os planos são sigilosos. Não se falam de novos jogadores, nem nas posições que precisam de reforços. ‘Infelizmente, não vou poder tratar do ano que vem no microfone. Estamos olhando ano que vem, tratando do ano que vem, mas não falo isso no microfone, se não desmancha o que estamos fazendo’, limitou-se a dizer o presidente.

‘Não estou nada satisfeito. Espero que o ano que vem seja completamente diferente. Por isso planejamos de forma quieta’, concluiu.

Mesmo que haja o interesse da permanência do técnico Celso Roth, ninguém trata do assunto publicamente. O futuro do Grêmio ainda é um mistério em meio à realidade de uma temporada sem conquistas.

Continua após a publicidade

Publicidade