Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente eleito confirma que só venderá Montillo para clubes europeus

O bom futebol apresentado pelo armador argentino Montillo vem despertando o interesse de vários clubes, entre eles São Paulo e Corinthians. As especulações levaram o presidente em exercício do clube, Zezé Perrella, a declarar que venderia o atleta se fosse continuar no Cruzeiro. Porém, o presidente eleito, Gilvan de Pinho Tavares, não pensar em negociar o jogador e garante que até o momento não recebeu nenhuma proposta oficial.

‘A imprensa de uma maneira geral está fazendo pressão. A de São Paulo, principalmente. Tudo por causa das declarações do presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, sobre o interesse do clube no futebol do Montillo. Mas eu garanto para a torcida, ainda não tem absolutamente nada. E mais, não tenho o mínimo interesse em vender o jogador. A não ser que eu receba uma proposta irrecusável, irresistível’, afirmou.

Questionado sobre qual seria essa proposta irrecusável, Gilvan Tavares, lembrou que o Cruzeiro já recusou uma oferta de 10 milhões de euros por Montillo, dando a impressão que o valor teria que superior a esse para poder tirar o argentino da Toca da Raposa.

‘O Zezé Perrella já recusou uma proposta de 10 milhões de euros pelo Montillo. Se ele não vendeu por esse valor é porque o jogador vale muito mais. Um valor que, acredito, nenhum clube brasileiro tenha como pagar. As equipes do país não estão com essa bola toda, com muito dinheiro. Em conversas que tenho com dirigentes de diversos clubes do Brasil, tomo nota disso, de que o aperto financeiro é geral. Caso eu venda o meia, vai ser para um clube do exterior’, declarou.

Sobre novos reforços, Gilvan garante que vem mantendo entendimentos com Perrella, para que qualquer negociação passe por ele. ‘Nenhuma negociação será feita sem o meu conhecimento. Qualquer negociação até o dia 31 de dezembro próximo, obrigatoriamente, tem que passar por mim’, frisou.