Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente do Santos critica postura do Chelsea

Dirigente afirma que Neymar fica no clube paulista até o time inglês aceitar pagar a multa rescisória

O presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, criticou nesta quinta-feira o comportamento do Chelsea na negociação para contratar o atacante Neymar. “O clube inglês não está tendo uma postura elegante. Está tentando seduzir a família do atleta”, acusou o dirigente santista, em entrevista coletiva realizada na Vila Belmiro.

A reunião entre o empresário de Neymar, Wagner Ribeiro, o pai do jogador, Neymar da Silva Santos, e representantes do clube inglês teria acontecido em Nova York, depois do amistoso entre a seleção brasileira e os Estados Unidos, quando o atacante marcou um dos gols da vitória por 2 a 0. A imprensa britânica afirmou que a proposta foi de 25 milhões de euros (cerca de 57 milhões de reais), mas o clube paulista, que detém 60% dos direitos do jogador, não aceitou a oferta.

Apesar da insistência do Chelsea em contratar Neymar, depois de uma recusa inicial do campeão paulista, Luís Álvaro garantiu que o clube não irá vender o jogador de apenas 18 anos. “O Santos não tem interesse em nenhuma transação”, avisou o presidente santista, explicando que a única saída é o pagamento da multa contratual, que é de 35 milhões de euros (cerca de 79 milhões de reais).

O Chelsea já teria chegado a um acordo salarial com Neymar, enquanto o grupo de investimentos DIS, que detém 40% dos direitos do jogador, também parece disposto a facilitar o negócio. Mas o Santos mantém sua postura e não aceita fazer a venda. Assim, o caso chega a um impasse, ainda longe de uma definição.

(Com Agência Estado)