Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente do Palmeiras exalta Dudu e diz que São Paulo fez pior com Kardec

Paulo Nobre diz que não teve intenção de dar "chapéu" nos rivais

“Não respeito quem trata um clube como o presidente do São Paulo tratou o Palmeiras. As instituições são maiores que seus respectivos mandatários. Ele pode achar que agiu corretamente, mas foi uma grande falta de respeito, foi algo nojento”, atacou Nobre.

A contratação do meia-atacante Dudu pelo Palmeiras pode ter soado como uma resposta do presidente do clube, Paulo Nobre, à diretoria do São Paulo, responsável por contratar Alan Kardec em abril de 2014. Porém, Nobre tentou minimizar nesta segunda-feira o “chapéu” no rival – e também no Corinthians, interessado no atacante ex-Grêmio e que pertencia ao ucraniano Dínamo de Kiev. Ele garantiu ter pensado apenas na velocidade e técnica do jogador para firmar a negociação.

“Esse negócio de ‘chapéu’ eu encaro com naturalidade. É coisa de torcedor e faz parte do dia a dia. Porém, o Palmeiras pensou unicamente no Dudu. Precisávamos de um jogador com as características dele. O Grêmio não exerceu o poder de compra junto ao Dínamo de Kiev e vencemos a disputa”, disse Nobre, em entrevista à Fox Sports.

Leia também:

Palmeiras surpreende rivais e anuncia acerto com Dudu

Apresentado em julho de 2013, Kardec logo caiu nas graças do torcedor palmeirense Apresentado em julho de 2013, Kardec logo caiu nas graças do torcedor palmeirense

Apresentado em julho de 2013, Kardec logo caiu nas graças do torcedor palmeirense (/)

​No entanto, apesar de dizer que não quis provocar o São Paulo, Nobre deixou claro que até hoje não engoliu a negociação que tirou Alan Kardec do Palmeiras. O mandatário do Palmeiras revelou que o presidente são-paulino Carlos Miguel Aidar segue como seu desafeto.

“Não tenho raiva nenhuma do Alan Kardec e não desejo mal a ele. As coisas passam. Porém, não respeito quem trata um clube como o presidente do São Paulo tratou o Palmeiras. As instituições são maiores que seus respectivos mandatários. Ele pode achar que agiu corretamente, mas foi uma grande falta de respeito. O jogador era nosso e ainda tínhamos tempo de negociar com o Benfica. Foi algo nojento”, ressaltou.

Contratações – A segunda-feira foi bastante agitada no Palmeiras. Além de confirmar a chegada de Dudu, o time anunciou mais três reforços: os atacantes Robinho, ex-Coritiba, e Rafael Marques, ex-Botafogo e que estava na China, e o zagueiro Victor Ramos, do Monterrey, do México. Ao todo, o Palmeiras já anunciou treze reforços para a temporada: além das novidades desta semana, chegaram os laterais Lucas e João Paulo, o zagueiros Vitor Hugo, os volantes Amaral, Andrei Girotto e Gabriel, o meia Zé Roberto, o atacante Leandro Pereira e o técnico Oswaldo de Oliveira.

Mesmo com as contratações apresentadas até o momento, Paulo Nobre garantiu que o elenco para 2015 não superou em um centavo sequer a folha salarial do ano passado, quando o time lutou para não ser rebaixado, em pleno ano do centenário. “Estamos realizando investimentos com responsabilidade. Não estamos furando a folha de 2015 em um centavo sequer. E isso é mais um fruto de nossa gestão, que conseguiu equacionar o contingente salarial”, revelou Nobre.

(Com Gazeta Press)