Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Presidente do Fenerbahçe condenado por manipulação de resultados

Por Mustafa Ozer 2 jul 2012, 08h17

Um tribunal de Istambul condenou nesta segunda-feira o presidente do Fenerbahçe, Aziz Yildirim, a seis anos e três meses de prisão por envolvimento em um escândalo de manipulação de resultados, mas determinou sua libertação.

Yildrim, um dos 92 suspeitos acusados em um grande julgamento, foi condenado a dois anos e seis meses de prisão por comandar uma organização criminosa, três anos e nove meses por participação na manipulação de partidas e a pagar uma multa de 575.000 euros, segundo o canal NTV.

O presidente del Fenerbahçe, 59 anos, que já passou um ano na prisão, foi acusado em uma investigação de partidas manipuladas no país durante a temporada 2010-2011.

Publicidade