Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente da federação alemã ‘chocado’ com palavras de Blatter

Wolfgang Niersbach, presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB), afirmou neste sábado que estava “chocado” pela explicação oferecida pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, sobre o caso de suborno no qual seu antecessor, o brasileiro João Havelange, está envolvido.

“A reação do presidente da Fifa me surpreendeu, se as pessoas da Fifa receberam dinheiro e a resposta é que isso não era proibido na época, então nós na DFB podemos apenas nos distanciar”, disse Niersbach, no âmbito de uma reunião sobre arbitragem na Bundesliga.

Em relação à renúncia de Blatter, segundo solicitou Reinhard Rauball, presidente da Bundeslica (DFL), Niersbach afirmou que “é uma decisão que ele (Blatter) tem que tomar sobre si mesmo”.

O presidente da Fifa disse na quinta-feira que não pode punir Havelange, acusado pelos tribunais suíços de receber subornos por parte da empresa ISL, que comercializava os direitos da maior instância do futebol mundial, segundo documentos divulgados na quarta-feira pela justiça suíça.

“Não tenho o poder de fazer Havelange prestar contas, só o Congresso pode decidir sobre seu futuro”, declarou Blatter no site da Fifa.

Havelange, de 96 anos, membro do Comitê Olímpico Internacional desde 1963, foi presidente da Fifa de 1974 a 1998, antes de ser substituído por Joseph Blatter.