Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Presidente da Concacaf crê em titulo mundial em 2026

Por Da Redação - 23 maio 2012, 10h21

Por AE -AP

Budapeste – Novo presidente da Concacaf, Jeffrey Webb declarou nesta quinta-feira que uma seleção da sua confederação deve vencer a Copa do Mundo de 2026. A promessa foi feita após a sua eleição formal para a presidência da entidade gestora do futebol da América do Norte e Central e do Caribe, que reúne 40 países.

O melhor desempenho de uma seleção da Concacaf se deu na primeira Copa do Mundo, a de 1930, que reuniu apenas 13 equipes. Os Estados Unidos terminaram o torneio na terceira colocação. “A Copa do Mundo de 2026 pertence à Concacaf”, afirmou o novo presidente da entidade.

O banqueiro da Ilhas Cayman era o único candidato para suceder Jack Warner, ex-vice-presidente da Fifa. Ele renunciou aos seus cargos no futebol em junho do ano passado para evitar uma investigação em um escândalo de suborno. “A credibilidade da Concacaf está de volta”, disse Joseph Blatter, presidente da Fifa, elogiando a eleição de Webb.

Publicidade