Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Preparador releva balada de Adriano, mas não o confirma para sábado

A suposta ida de Adriano a uma festa no Capão Redondo, sábado à noite, foi relevada pelo preparador físico Fabio Mahseredjian. O profissional do Corinthians lembra que o atacante estava de folga e que não deu indícios de ter exagerado no consumo de bebida alcoólica, mas ainda não confirma seu retorno no duelo contra o São Caetano, sábado.

‘Ele estava de folga no sábado, não fugiu da concentração. É um ser humano, tinha liberdade para ir onde bem entendesse’, defendeu Mahseredjian. ‘Não só ele, mas todo jogador é orientado a evitar o álcool e o excesso de comida. O Adriano sabe que isso seria prejudicial. Ele se apresentou muito bem na segunda-feira, então não acho que tenha exagerado em nada’.

O Imperador manteve na segunda-feira o bom nível apresentado desde quinta da semana passada, quando anotou três gols em um treino coletivo e demonstrou evolução física. Isso só foi possível porque o jogador ficou confinado de segunda a sábado no CT Joaquim Grava e teve alimentação, descanso e exercícios severamente controlados por profissionais do clube.

Após folgar no sábado e no domingo, o camisa 10 reiniciou o regime de concentração total nesta semana. De acordo com o gerente de futebol Edu Gaspar, esta nova etapa do recondicionamento físico já estava programada e não se trata de um castigo por causa da balada no Capão Redondo.

‘Conversei com o pessoal da comissão técnica que ficou aqui (enquanto o time jogava na Venezuela contra o Deportivo Táchira) e eles estavam bastante animados, disseram que o Adriano treinou bem. A tendência é que ele entre em uma dinamica positiva de treinos para nos ajudar’, disse Edu, disposto a ver o centroavante em campo já no sábado.

Questionado sobre a possibilidade, Tite jogou a responsabilidade para Fabio Mahseredjian, que preferiu não antecipar nada. ‘Vamos ver como vai ser o desenvolvimento dele dentro de campo nos treinos, se o peso corporal baixou e se o tornozelo está mais forte. Vamos esperar’.

Apesar do discurso, é bem provável que Adriano seja utilizado. A proximidade do retorno poderia dar ao preparador físico do Timão a sensação de dever cumprido, mas o profissional é cauteloso. ‘Falar em dever cumprido com ele é difícil. Vamos aguardar os próximos capítulos (risos). O mais legal é que ele está se conscientizando de que, sem condições físicas plenas, não vai conseguir jogar o futebol que gosta’.