Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Prandelli vai perguntar a Balotelli se irritação após gol era dirigida a ele

Por Da Redação - 19 jun 2012, 13h09

Gdynia (Polônia), 19 jun (EFE).- O técnico da seleção italiana, Cesare Prandelli, afirmou nesta terça-feira que vai conversar com o Mario Balotelli sobre o gesto que o atacante e o zagueiro Leonardo Bonucci protagonizaram após o segundo gol que selou a vitória sobre a Irlanda, na véspera.

Após marcar, Balotelli aparentou irritação e teve a boca tapada pelo defensor da Juventus. Prandelli afirmou que perguntará ao atacante do Manchester City se havia algo dirigido a ele.

Balotelli foi barrado pelo treinador após duas más exibições, contra Espanha e Croácia. Em seu lugar, entrou Antonio Di Natale, que fizera o gol na estreia contra os atuais campeões europeus e mundiais.

O gol do atacante aconteceu nos acréscimos da partida, 20 minutos depois que ele entrou em campo. O técnico italiano disse que não vai forçar nada e que Balotelli fez seu papel. ‘Entrou em campo e fez o que pedimos. Falta ele sorrir, mas isso não pode ser combinado, tem que ser algo espontâneo’, disse Prandelli.

Publicidade

O técnico ainda revelou que o sente o atacante como alguém que tem dificuldades de relacionamento, mas aproveitou para elogiá-lo. ‘É um corpo estranho na equipe. Ele é assim, mas é um menino de ouro’, afirmou, completando que o gesto de Bonucci foi uma intenção de protegê-lo. EFE

Publicidade