Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prandelli diz que pretende continuar à frente da seleção italiana

Kiev, 1 jul (EFE).- Apesar das especulações dando conta que Cesare Prandelli poderia deixar a seleção italiana após a final da Eurocopa neste domingo, o técnico da ‘Azzurra’ revelou em entrevista coletiva após a derrota por 4 a 0 para a Espanha no Estádio Olímpico de Kiev que pretende se manter no cargo.

‘Este projeto tem que continuar, e minha vontade é continuar’, disse o treinador, que deu nota oito em dez para a participação de sua equipe na competição.

Prandelli lamentou o fato de alguns jogadores da Itália terem acusado o cansaço após toda uma temporada em seus clubes e seis partidas na Euro. Ele se mostrou chateado principalmente com a lesão muscular do volante Thiago Motta, que levou a mão à coxa três minutos depois de ter entrado em campo, no começo do segundo tempo. O brasileiro naturalizado não pôde ser substituído porque o técnico já havia feito as três alterações.

‘Chegamos em Kiev na sexta-feira à noite após as semifinais. Hoje jogamos contra os campeões e jogar contra eles com dez é muito difícil. Tivemos chances no começo, mas contra a Espanha é preciso ter toda a energia. Eles nos dominaram depois, e só nos resta dar os parabéns’, comentou. EFE