Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Poucas palavras marcam audiência de caso de doping Contador

Redação Central, 21 nov (EFE).- Cinco horas com poucas palavras de todas as partes marcaram nesta segunda-feira a primeira sessão da audiência na Corte Arbitral do Esporte (CAS) em que o ciclista espanhol Alberto Contador defende sua inocência pelo suposto doping por clembuterol no Tour de France 2010.

O ato teve a oposição da União Ciclística Internacional e da Agência Mundial Antidoping (Wada) e superlotou o espaço físico pelo número de presentes, o que obrigou a realizar a sessão vespertina na sede do Museu do Comitê Olímpico Internacional (COI) em Lausanne, na Suíça.

A CAS deve decidir se a quantidade de clembuterol achada na urina do ciclista em um teste no Tour do ano passado foi uma tentativa de doping ou uma contaminação alimentícia.

A UCI e a Wada sustentam a tese do doping, enquanto Contador alega que o resultado positivo por clembuterol foi por causa da ingestão de carne bovina contaminada.

O final da audiência está previsto para quinta-feira, e o resultado definitivo será dado no prazo de ‘algumas semanas’, segundo a corte.

O dossiê do caso possui 4 mil páginas, e está previsto que 20 testemunhas possam depor durante a semana. Os encarregados pelo caso são o advogado israelense Efraim Barak (presidente), o suíço Quentin Byrne-Sutton e o alemão Ulrich Haas. EFE