Clique e assine a partir de 8,90/mês

Portuguesa bate o Vitória e fica mais perto do acesso

Por Da Redação - 18 out 2011, 21h38

Por AE

São Paulo – A Portuguesa está cada vez mais perto de voltar à elite do futebol brasileiro. Nesta terça-feira, a Lusa completou o seu 14.º jogo sem derrota ao vencer o Vitória por 3 a 2, no estádio do Canindé, em São Paulo, pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A equipe pode retornar ao Brasileirão após três anos e depois de ficar no muito perto em 2009 e 2010 – terminou na quinta posição nos dois anos -, já que foi rebaixada em 2008.

Nos 14 jogos sem derrotas, a Portuguesa soma sete empates e sete vitórias. Assim chega aos 64 pontos e abre 16 de vantagem para o quinto colocado, atualmente o Sport. Por outro lado, o Vitória ainda segue na disputa, mas com 44 pontos aparece na nona colocação.

O primeiro tempo foi digno de dois times que querem retornar à elite. O Vitória sabia que para permanecer na luta pelo acesso somente vencer era o que interessava e logo foi ao ataque. Não demorou muito e o time baiano ficou em vantagem no placar. Aos 14 minutos, Gilberto recebeu de Preto, dominou e bateu com força no canto esquerdo de Weverton: 1 a 0.

A Portuguesa não se abateu e empatou aos 24 minutos. Edno trocou passes com Marcelo Cordeiro, que invadiu a área e rolou para o meio. Henrique, com o gol vazio, apenas teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

O empate animou a Portuguesa, que continuou mostrando a razão de ser a líder disparada e passou à frente no placar aos 35 minutos. Leandro Silva aproveitou cobrança de escanteio de Marcelo Cordeiro, apareceu sem marcação pelo meio da zaga e desviou de primeira para o gol, sem chances de defesa para Douglas.

Na etapa final, a Portuguesa quase sofreu o empate aos 16 minutos, quando Xuxa carimbou o travessão do gol de Weverton. Com mais tranquilidade e sempre trocando passes, a Portuguesa chegou ao terceiro gol aos 39. Edno recebeu de Júnior Timbó e chutou colocado no ângulo direito do gol de Douglas.

A torcida da Portuguesa ainda comemorava o gol, quando o Vitória diminuiu. Aos 42 minutos, o zagueiro Maurício aproveitou cruzamento e desviou de cabeça para diminuir no Canindé, mas não foi o suficiente para acabar com a festa lusitana.

Na 32.ª rodada, os dois times voltam a campo no próximo sábado, às 16h20. A Portuguesa encara o Americana, no estádio Décio Vitta, em Americana (SP). Já o Vitória joga diante do Náutico, no estádio Barradão, em Salvador.

Continua após a publicidade

Ficha técnica

Portuguesa 3 x 2 Vitória

Portuguesa – Weverton; Luís Ricardo, Leandro Silva (Renato), Rogério e Marcelo Cordeiro; Guilherme, Boquita, Marco Antônio e Henrique (Júnior Timbó); Ivo (Raí) e Edno. Técnico: Jorginho.

Vitória – Douglas; Nino Paraíba, Mauricio, Jean e Fernandinho (Felipe); Neto Coruja, Zé Luis (Xuxa), Preto (Neto Baiano), Gilberto e Geovanni; Fábio Santos. Técnico: Vágner Benazzi.

Gols – Gilberto, aos 14, Henrique, aos 24, e Leandro Silva, aos 35 minutos do primeiro tempo; Edno, aos 39, e Maurício, aos 42 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Leandro Silva e Boquita (Portuguesa); Nino Paraíba, Neto Coruja, Jean e Maurício (Vitória).

Árbitro – Suelson França Medeiros (RN).

Renda – R$ 69.975,00.

Público – 4.617 pagantes.

Local – Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).

Continua após a publicidade
Publicidade