Clique e assine a partir de 9,90/mês

Portão do Beira-Rio pega fogo após vice do Inter na Copa do Brasil

Letreiro é depredado durante tumulto depois da derrota colorada diante do Athletico-PR; incidentes incluíram confrontos da torcida contra Brigada Militar

Por Da Redação - Atualizado em 19 Sep 2019, 05h12 - Publicado em 19 Sep 2019, 02h53

Diversos incidentes foram registrados nos arredores do Beira-Rio entre a noite de quarta e a madrugada desta quinta-feira 19, após a final da Copa do Brasil, que terminou com título do Athletico-PR e frustração da torcida do Internacional. O tumulto envolveu confrontos entre torcedores e a Brigada Militar, além de depredação do estádio – que chegou a pegar fogo. Dentro de campo, o time paranaense venceu o jogo por 2 a 1.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram o portão 7 do estádio em chamas durante grande circulação de pessoas, próximo à estátua do ídolo Fernandão. O pequeno incêndio, que teria sido causado pelo arremesso de objetos inflamáveis contra o letreiro, foi controlado posteriormente e relatado pela Rádio Gaúcha.

A emissora cita ao menos 14 boletins de ocorrência registrados no Juizado Especial Criminal (Jecrim) por incidentes nos arredores do Beira-Rio, como furtos, roubos, brigas, lesões corporais, desacato a policiais e comercialização de ingressos falsos.

Relatos do local descrevem brigas entre torcedores do time gaúcho e uso de bombas de efeito moral pela polícia. Não há informações sobre pessoas com ferimentos graves.

Continua após a publicidade

Após derrota por 1 a 0 no jogo de ida, o Internacional voltou a ser derrotado pelo Athletico-PR, por 2 a 1, e viu o clube curitibano conquistar a Copa do Brasil pela primeira vez em sua história.

Publicidade