Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Por que não te calas? Juan Carlos revela futuro de Alonso

Monarca que abdicou do trono espanhol fala demais e 'entrega' próxima equipe do piloto – segundo ele, a McLaren. O acordo só será oficializado em dezembro

O circo da Fórmula 1 e a imprensa especializada dão como quase certa a contratação de Fernando Alonso pela McLaren para a temporada 2015. A equipe inglesa, no entanto, ainda não oficializou o acerto e adiou para o mês que vem o anúncio dos dois pilotos escalados para o ano que vem, deixando o futuro em aberto. No domingo, porém, a dúvida foi dissipada de vez – graças a uma gafe de Juan Carlos, que abdicou do trono espanhol em junho deste ano. Ele acabou “entregando” publicamente o destino do piloto, de quem é fã, depois de uma conversa reservada no paddock do circuito de Yas Marina, antes do GP de Abu Dhabi. “Vim para apoiar o Fernando em sua última corrida pela Ferrari. Ele me disse que vai para a McLaren e que está muito contente”, revelou Juan Carlos.

Leia também:

Lewis Hamilton vence e conquista o bi. Massa é o segundo

Hamilton, o fã de Senna, coroa sua evolução com 2º título

Ferrari confirma: no ano que vem, sai Alonso e entra Vettel

Em imagens, momentos marcantes da Fórmula 1 em 2014

Depois de encerrar o campeonato de 2014 na sexta colocação no Mundial de pilotos, Alonso disse apenas que fará parte de um projeto ambicioso a partir do ano que vem, sem dar maiores detalhes. “Vou me juntar a um projeto que não é só para o próximo ano, é algo de longo prazo e um projeto que, espero eu, vai desafiar a Mercedes em breve. E é por isso que eu tomei essa decisão”, contou Alonso ao falar sobre o adeus à Ferrari. “Estou olhando para o futuro com entusiasmo, pois quando você aposta em um novo projeto é porque você sabe que é o melhor a se fazer.” No cinco anos em que esteve na escuderia italiana, Alonso conseguiu apenas o vice-campeonato (em 2010, 2012 e 2013). Essas temporadas foram dominadas pelo tetracampeão Sebastian Vettel, que será seu substituto na equipe vermelha.

(Com agência Gazeta Press)