Clique e assine com 88% de desconto

Por ascensão no Brasileiro, Santos recebe o Botafogo na Vila Belmiro

Por Da Redação - 17 jul 2012, 20h03

Com apenas uma vitória no Campeonato Brasileiro, o Santos recebe o Botafogo, nesta quarta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro. O Peixe, que somou apenas nove pontos neste Brasileirão, deseja embalar no torneio, e uma vitória sobre os cariocas ajudaria a equipe em sua ascensão na disputa.

O técnico Muricy Ramalho, que não poderá contar mais uma vez com o goleiro Rafael, o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante Neymar – todos a serviço da Seleção Brasileira, em preparação para os Jogos Olímpicos de Londres (Inglaterra) -, recebeu algumas boas notícias para o duelo com o Glorioso.

O zagueiro Edu Dracena, recuperado de um edema muscular na coxa esquerda, está liberado pelo departamento médico do clube e enfrenta o Botafogo. O veterano lateral esquerdo Léo, também recuperado de dores na região da costela, irá atuar nesta quarta. Léo, aliás, irá substituir Juan, expulso no empate com o Internacional, na última rodada da competição.

‘O local ficou bastante dolorido por alguns dias, o que me impedia de treinar. Mas já estou bem e venho trabalhando no campo e com bola há alguns dias. A motivação é grande para voltar ao time e ajudar na conquista de uma vitória’, destacou Léo.

Publicidade

Já Aranha, substituto de Rafael no gol santista, admitiu que o time irá encarar uma sequência forte no Brasileiro, devido ao potencial dos grandes clubes da Série A. Porém, o arqueiro crê que o momento é positivo para uma arrancada no torneio.

‘O Brasileirão é o único campeonato que não tem jogo fácil. Jogamos com o Inter, no último domingo, e agora encaramos o Botafogo. É só ‘pedreira’. Vai ser uma partida complicada, mas acredito que temos condições de melhorar na competição. Podemos voltar a vencer e esperamos iniciar uma boa campanha no Nacional’, analisou Aranha.Enquanto o Santos busca a sua segunda vitória no Brasileiro, o Botafogo vem de empate por 1 a 1 com o Fluminense e faz uma bela campanha no certame. Com 16 pontos, o Glorioso tenta se manter na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores da Améric

O técnico botafoguense, Oswaldo de Oliveira, acredita que o confronto desta quarta vai reservar grandes emoções aos torcedores, pois vê as duas equipes com vocação ofensiva. ‘O Santos tem um time muito ofensivo, que cresce quando joga na Vila Belmiro e vai fazer de tudo pela vitória. O Botafogo também quer o resultado positivo e não costuma mudar as suas características mesmo quando atua na condição de visitante. A minha expectativa é de um jogo aberto, com muita emoção e bastante disputado. Espero que a gente consiga fazer prevalecer o nosso estilo de jogo’, afirmou.

Para manter o bom rendimento, o Fogão terá que superar os problemas no ataque. Elkeson, com uma entorse no tornozelo esquerdo, é dúvida e pode ceder o posto a Rafael Marques, que estava no futebol japonês e tem grandes chances de fazer a estreia com a camisa botafoguense. Porém, ele ainda precisa ter a documentação regularizada. Se isso também não acontecer, Sassá deverá ficar com o comando do ataque.

Publicidade

Disposto a promover um rodízio e evitar o desgaste de alguns jogadores, Oswaldo também deve mexer na meia e iniciar a partida com o meia Fellype Gabriel na vaga de Cidinho.

FICHA TÉCNICA

SANTOS X BOTAFOGO

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)

Publicidade

Data: 18 de julho de 2012, quarta-feira

Horário: 19h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)

Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (Fifa-MG) e Cristhian Passos Sorence (GO)

Publicidade

SANTOS: Aranha; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Henrique, Arouca e Felipe Anderson; Dimba e Miralles

Técnico: Muricy Ramalho

BOTAFOGO: Jéfferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Lucas Zen, Renato, Andrezinho, Fellype Gabriel e Vítor Júnior; Elkeson (Rafael Marques ou Sassá)

Técnico: Oswaldo de Oliveira

Publicidade