Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ponte Preta segura pressão e faz história na Sul-Americana

Time de Campinas perdeu por 1 a 0 do colombiano Deportivo Pasto, mas vai às quartas de final do torneio continental porque venceu jogo de ida por 2 a 0

Em seu primeiro confronto internacional, pela Copa Sul-Americana, a Ponte Preta sofreu mais do que o seu torcedor projetou. Após vencer por 2 a 0 o jogo de ida no Moisés Lucarelli, na Colômbia a equipe campineira preferiu se defender diante do Deportivo Pasto. O time foi bastante pressionado pelos anfitriões e acabou derrotado por 1 a 0. O resultado, no entanto, não foi o suficiente para eliminar o time brasileiro, que escreve mais um capítulo em seus 113 anos de história.

Leia também:

CBF chama jogadores e TV Globo para discutir mudanças no futebol

Para chegar ás quartas de final da competição, a Ponte Preta não jogou bem, foi pressionada ao longo dos noventa minutos, mas sofreu apenas um gol e segurou a vantagem. No segundo tempo, o rápido meia-atacante Mina colocou o Deportivo Pasto na frente, mas não foi o suficiente para evitar a eliminação do time colombiano.

Agora, depois de vencer a primeira batalha internacional, a Ponte Preta tenta seguir fazendo história na Copa Sul-americana. O adversário da próxima fase será o argentino Velez Sarfiseld, que eliminou o colombiano La Equidad. Antes da competição internacional, no entanto, a equipe campineira encara o Vasco no Campeonato Brasileiro, em confronto direto para tentar sair da zona de rebaixamento.

(Com Gazeta Press)