Clique e assine a partir de 9,90/mês

Ponte Preta promove ação para atrair público à Fonte Luminosa

Por Da Redação - 24 ago 2011, 16h18

Devido à confusão entre torcedores no último Dérbi, a Ponte Preta foi punida pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) com a perda do mando de campo em cinco jogos da Série B do Campeonato Brasileiro.

Por isso, a partir deste sábado, o Estádio Fonte Luminosa, em Araraquara, será a nova casa da Macaca, substituindo o Moisés Lucarelli.

Por mandar os jogos fora de Campinas, a diretoria da Ponte formulou ações de marketing para atrair torcedores à partida. Todos que se identificarem como moradores da cidade pagarão apenas R$ 10, a metade do valor da entrada.Além disso, o meia alvinegro Rodrigo Cajá é um dos grandes ídolos do principal clube da cidade, a Ferroviária, onde atuou em 2006, e deve ajudar a atrair torcedores à partida.

‘Espero que a torcida da Ponte compareça e nos apoie nesse último jogo do primeiro turno. Espero também que toda a cidade de Araraquara acolha a Ponte Preta como se fossemos a Ferroviária, pois a Ponte se identifica com sua nova casa e quer que Araraquara seja alvinegra’, declarou Cajá.

Continua após a publicidade

O duelo deste sábado será contra o Náutico, e pode ser considerado como um jogo de seis pontos, já que a equipe pernambucana ocupa a terceira colocação da Série B, com 34 pontos, um a menos do que a vice-líder Ponte Preta.

‘Desejo muito que façamos um grande jogo. Será um confronto difícil, equilibrado, com duas equipes vivendo um excelente momento’, analisou o meia.

Após o Náutico, os próximos confrontos da Macaca na Fonte Luminosa serão contra Vila Nova-GO, São Caetano-SP, Duque de Caxias-RJ e Salgueiro-PE .

Publicidade