Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ponte Preta inicia briga pelo título da Copa Sul-Americana

Equipe brasileira enfrenta o Lanús, da Argentina, nesta quarta, no Pacaembu

Por Da Redação 4 dez 2013, 10h17

Rebaixada no Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta fará na noite desta quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu, o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana contra o Lanús, da Argentina – a partida decisiva será na próxima quarta-feira, em Buenos Aires. A partida será em São Paulo porque o estádio do time campineiro, o Moisés Lucarelli não tem a capacidade mínima de público exigida pela Conmebol. Foram vendidos 22.000 ingressos antecipadamente, são esperados pelo menos 30.000 torcedores. Quem vencer o torneio tem vaga garantida na Copa Libertadores de 2014.

Leia também:

Empate do Fluminense com Atlético-MG rebaixa Ponte Preta

Ponte Preta faz história e elimina Vélez na Argentina

Se a Ponte Preta conquistar a Copa Sul-Americana nesta temporada, o Campeonato Brasileiro terá uma vaga a menos para a próxima Copa Libertadores. Apenas os três primeiros colocados estariam classificados, o que seria ruim para Botafogo, Goiás e Vitória, que brigam pela quarta posição. Os titulares da equipe brasileira foram poupados no fim de semana (derrota por 2 a 0 para a Portuguesa, em Campinas) e a equipe deve manter a formação que eliminou o São Paulo, nas semis. A aposta é a força pelo lado esquerdo, com as subidas do lateral Uendel e a velocidade do atacante Rildo.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook Siga VEJA Esporte no Twitter

Do outro lado, o Lanús também busca um título inédito. Embora não tenha grande tradição no futebol portenho, eliminou o River Plate nas quartas de final e tem um elenco mais experiente do que o da Ponte Preta. O técnico Guillermo Schelotto foi duas vezes campeão da Copa Libertadores como atacante do Boca Juniors, onde também já atuou o atacante Santiago Silva, nome mais conhecido do time.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade