Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ponte Preta goleia o ABC e conquista acesso na Série B

Por AE

Campinas – A Ponte Preta está de volta à elite após cinco anos. Neste sábado, o time campineiro goleou o ABC por 4 a 1, de virada, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 37.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com 62 pontos, a equipe campineira é a terceira colocada, mas não pode mais ser alcançada pelo quinto colocado, o Sport, com 58, restando uma rodada para o encerramento da competição nacional.

O ABC saiu na frente com Cascata, mas com gols de Ricardo Jesus (duas vezes), Caio e Renatinho, a Ponte Preta conseguiu a virada. O acesso, porém, só foi possível nesta rodada graças à derrota do Bragantino para o ASA por 1 a 0, em Bragança Paulista. O time de Natal segue com 50 pontos, na 12.ª colocação, e corre um pequeno risco de rebaixamento.

Na rodada final, a Ponte Preta vai duelar contra o Náutico, no estádio dos Aflitos, no Recife, pelo vice-campeonato. Já o ABC fecha a sua participação diante do Americana, no estádio Frasqueirão, em Natal. Na última rodada, os jogos acontecem no próximo sábado, às 17 horas (de Brasília).

O primeiro tempo teve o domínio da Ponte Preta, mas foi o ABC quem marcou primeiro. Aos 28 minutos, Lins foi derrubado por Leandro Silva e o árbitro assinalou pênalti. Cascata cobrou a penalidade no canto direito de Júlio César, que caiu para o lado esquerdo.

A Ponte Preta não se abateu e chegou ao empate da mesma forma. Aos 44 minutos, o árbitro Antônio de Carvalho Schneider assinalou pênalti de Lins em cima de Ricardo Jesus. O artilheiro pontepretano cobrou no canto direito de Wellington, que acertou o canto e não fez a defesa.

No segundo tempo, o técnico Gilson Kleina mudou o time – colocou Renatinho na vaga de Ricardinho. Com maior volume no meio de campo, a Ponte Preta melhorou bastante e passou a chegar com mais contundência ao ataque. Aos oito minutos, Guilherme fez o cruzamento rasteiro para dentro da área, Ricardo Jesus dividiu com a zaga e a bola sobrou para Caio. O meia chutou forte no canto direito do gol de Wellington para alegria da torcida.

O jogo ficou ainda melhor para a Ponte Preta aos 18 minutos, quando Renatinho Carioca foi expulso, deixando o ABC com um jogador a menos. Assim, foi questão de tempo para a Ponte Preta chegar ao terceiro gol. Aos 24, Caio fez grande jogada pelo lado esquerdo, passou por Ricardo Oliveira e foi derrubado dentro da área. O árbitro assinalou nova penalidade máxima. Novamente Ricardo Jesus cobrou o pênalti e mandou no canto esquerdo de Wellington, que pulou para o lado oposto.

Quando a torcida já se preparava para comemorar o acesso, Renatinho completou a goleada. Aos 48 minutos, o atacante desviou de cabeça o cruzamento do lado esquerdo e completou a goleada no Moisés Lucarelli.

Ficha técnica

Ponte Preta 4 x 1 ABC

Ponte Preta – Júlio César; Guilherme, Leandro Silva, Ferrón e Uendel; João Paulo Silva, Josimar, Caio (Tiago Luís) e Renato Cajá (Gerson); Ricardinho (Renatinho) e Ricardo Jesus. Técnico: Gilson Kleina.

ABC – Wellington; Nêgo (Samuel), Irineu, Tiago Garça e Renatinho Carioca; Bileu, Ricardo Oliveira, Jerson (Makelele) e Cascata; Lins e Leandrão. Técnico: Leandro Campos.

Gols – Cascata (pênalti), aos 28, e Ricardo Jesus (pênalti), aos 45 minutos do primeiro tempo; Caio, aos 8, Ricardo Jesus (pênalti), aos 24, e Renatinho, aos 48 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Leandro Silva e Guilherme (Ponte Preta); Ricardo Oliveira, Cascata, Tiago Garça e Nego (ABC).

Cartão vermelho – Renatinho Carioca (ABC).

Árbitro – Antônio de Carvalho Schneider (RJ).

Renda – R$ 83.549,00.

Público – 11.164 pagantes.

Local – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).