Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia italiana prende 5 jogadores por esquema de manipulação de resultados

Roma, 19 dez (EFE).- A polícia italiana prendeu nesta segunda-feira 17 pessoas, entre elas Cristiano Doni, ex-jogador de Atalanta e Mallorca, acusadas de participarem de um esquema de manipulação de resultados.

Além de Doni, quatro jogadores de divisões inferiores da Itália também foram detidos. Segundo a imprensa local, são investigadas ainda supostas irregularidades nos duelos entre Brescia e Bari, Brescia e Lecce e Napoli e Sampdoria pela temporada 2010-2011 do Campeonato Italiano.

Doni, que foi suspenso por três anos em uma investigação anterior, foi detido pela acusação de tentar modificar as provas, já que teria pago ao advogado de um dos investigados, Nicola Santoni, para evitar que este falasse com os promotores.

Além de Doni, também foram detidos os ex-jogadores Luigi Sartor (Parma, Vicenza, Inter de Milão e Roma), Alessandro Zamperini (que atuou na terceira divisão pelo Ravenna), assim como os ainda em atividade Carlo Gervasoni, do Piacenza (atualmente suspenso) e Filippo Carobbio, do Spezia.

As detenções detenções aconteceram como resultado de uma nova investigação que surgiu das que foram feitas no ano passado sobre uma rede de apostas clandestinas e pelas quais já tinham sido detidas 16 pessoas, entre elas Giuseppe Signori, ex-atacante da seleção italiana, sob a acusação de fraudar partidas da segunda e da terceira divisões e lucrar com apostas.

Segundo os resultados das novas averiguações, os detidos de hoje fariam parte de uma rede de apostas internacional que se encarregava de adulterar principalmente jogos das divisões inferiores de campeonatos no Leste Europeu e na Itália. EFE