Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Polícia do Rio identifica lutador envolvido na pancadaria na Arena Joinville

Investigadores descobriram identidade de Naíba, o vascaíno que puxa um rival pela bermuda e troca socos nas arquibancadas

Por Leslie Leitão 13 dez 2013, 12h45

A Polícia Civil do Rio chegou à identidade do lutador conhecido como Naíba, integrante da torcida do Vasco da Gama, filmado agredindo torcedores do Atlético Paranaense no último domingo, na Arena Joinville, em Santa Catarina. De acordo com as investigações, Naíba é Anderson Barbalho Cavalcante Batista. Ele aparece em imagens feitas pela TV Globo e foi fotografado no meio da pancadaria. Lutador de jiu-jitsu, ele é morador da favela da Marlene, no bairro do Jacaré, na Zona Norte do Rio. Em sua página no Facebook, ao ser parabenizado por seu desempenho na briga, Naíba tentou despistar, afirmando que havia apenas apartado os agressores.

Os vídeos espalhados pela rede, no entanto, exibem Naíba desferindo socos e puxando pela bermuda um torcedor que tentava fugir. O rapaz agarrado por Naíba rola pelas arquibancadas. O vascaíno é um dos líderes da Força Jovem, respeitado por sua força física e sua experiência em brigas de rua.

Leia também:

Polícia identifica mais oito vândalos do Atlético-PR

Líderes da Força Jovem do Vasco comandaram pancadaria em Joinville

Ao lado de Naíba em quase todas as cenas da pancadaria está o presidente da Força Jovem do Vasco, Bruno Ferreira Ribeiro, conhecido como Bruno Fet. Com uma camiseta branca com uma faixa negra de cada lado, ele aparece no vídeo em uma posição semelhante a uma base de artes marciais, chamando a torcida adversária para o confronto. Torcedores que frequentam os jogos do Vasco afirmaram ao site de VEJA que Fet também é lutador. Como após a partida espalharam-se comentários sobre a briga pelas redes sociais, Fet tirou do ar, nesta segunda-feira, sua página no Facebook.

Continua após a publicidade

Estão presos até agora Leones Mendes da Silva, 23 anos, Arthur Barcelos de Lima Ferreira, 26 anos, e Jonathan Fernandes dos Santos, 29 anos. Os três foram transferidos do Presídio Regional para a Penitenciária Industrial de Joinville na quarta-feira pela manhã.

Além deles, estão identificados entre os vascaínos envolvidos na briga: Bruno Fet, 31 anos; o lutador Naíba, diretor da Força Jovem Vasco; Bruno de Oliveira, 24 anos; Marcelo Souza, integrante da bateria da Força Jovem do Vasco; Phillipe Martelletti Sampaio, 24 anos, também da Força Jovem; Felipe Rocha Barbosa, 30 anos, chefe da Torcida Rasta Vasco; Sadraque Gomes Eduardo, 22 anos, integrante da Torcida Pequenos Vascaínos; Carlos Vitor Vital Nunes, 25 anos, também da Pequenos Vascaínos; e o torcedor conhecido como Pierre, que seria presidente da Ira Jovem.

Leia também:

STJD rejeita recurso e confirma rebaixamento do Vasco da Gama

STJD quer combater selvageria tirando pontos dos clubes Brasil já tem antídotos contra os vândalos. Só falta usá-los

Continua após a publicidade
Publicidade