Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia Civil prende cambistas que já haviam atuado na Copa

Quadrilha ligada a empresa inglesa vendia ingresso para cerimônia de abertura a 25.000 reais

Há dois anos, a Polícia Civil desmantelou uma quadrilha de cambistas que comercializou milhares de ingressos da Copa do Mundo. Hoje, poucas horas antes do início da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, os agentes voltaram às ruas para prender… integrantes da mesma quadrilha de cambistas, que chegavam a cobrar 25.000 reais por uma entrada para a festa desta noite, que no preço de face custaria 3.000.

A dupla, que ainda não teve o nome divulgado, foi presa no Hotel Next Barra Prime, na Barra da Tijuca. Eles são ligados à inglesa THG Sports, que atuou na maior competição do futebol em 2014. Em 17 de junho daquele ano, o CEO da empresa, James Sinton, também foi preso em um hotel do Rio comercializando pacotes que incluíam até camarotes.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, os cambistas adquiriam ingressos de empresas legalizadas e revendiam para turistas estrangeiros, inclusive cobrando em dólar e euro.