Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PM libera, mas CBF impede estreia da arena do Palmeiras

Clube conseguiu o último laudo que faltava. Entidade não quis transferir o jogo

Durou pouco a empolgação do torcedor do Palmeiras com a possibilidade de conhecer o novo estádio do clube já neste fim de semana. No fim da tarde de segunda-feira, a Polícia Militar deu seu aval para a realização do jogo entre Palmeiras e Atlético-MG, sábado, às 19h30 (de Brasília), na arena palmeirense. À noite, porém, a CBF informou que não vai aceitar o pedido de alteração do local do jogo, inicialmente marcado para o Pacaembu. “Devido à não apresentação pelo Palmeiras do laudo da Polícia Militar referente ao Estádio Allianz Parque, o que é exigido por lei, a partida de sábado será disputada no Pacaembu, conforme prevê a tabela”, diz comunicado da entidade. O Palmeiras tinha a expectativa de conseguir transferir o jogo. Com a recusa da CBF, o clube deve fazer a inauguração de seu novo estádio no dia 20, contra o Sport, também pelo Brasileirão.

Leia também:

Palmeirenses dizem que nova casa é melhor que Itaquerão

CBF quer a Arena do Palmeiras como sede da Rio-2016

Palmeiras faz 100 anos e novo estádio exibe homenagem

Arena do Palmeiras quer NBA, UFC e shows já no 1º ano

Para o coronel Marcos Marinho, diretor de segurança e prevenção da Federação Paulista de Futebol (FPF), o estádio está pronto para receber os jogos. “Tudo foi cumprido e a PM está liberando porque não há qualquer risco”, afirmou. A CBF rejeitou a mudança porque afirma que ela precisa ser feita até dez dias antes da realização da partida, conforme determina o Estatuto do Torcedor. Na última quarta, o Palmeiras chegou a pedir a alteração do local, mas ainda sem o laudo de liberação. A CBF considera que o pedido foi incompleto, já que não veio acompanhado do sinal verde da PM, e manteve o Pacaembu no calendário. A vistoria final da PM foi realizada na segunda-feira. No Palmeiras, há informações de que até o governador Geraldo Alckmin intercedeu para tentar acelerar o processo e viabilizar a estreia do novo estádio já na partida de sábado.

(Com Estadão Conteúdo e agência Gazeta Press)