Clique e assine a partir de 8,90/mês

Pirelli almeja novo contrato com a Fórmula 1 após 2013

Por Da Redação - 20 jun 2012, 14h13

O contrato da Pirelli como fornecedora de pneus para a Fórmula 1 se encerra em 2013, mas a empresa italiana já pensa em renovar o vínculo com a categoria. De acordo com o diretor de automobilismo da companhia, Paul Hembery, a decisão deve sair até junho do ano que vem.

A Pirelli passou a fornecer compostos para a F-1 na temporada 2011 e seus pneus foram apontados como um dos responsáveis pelo aumento no número de ultrapassagens e da emoção das corridas. O Mundial passado foi o que teve mais trocas de posição na história da categoria.

‘Nosso contrato vai até o fim de 2013 e sempre quisermos ficar na F-1 por médio ou longo prazo. Se o esporte quiser, podemos convencer o conselho a continuarmos, por conta das condições econômicas. Nossa vontade é continuar’, disse o britânico Hembery ao site da revista britânica ‘Autosport’.

A crise econômica europeia, que recentemente fez as lideranças da Fórmula 1 clamarem pela redução dos custos da categoria, não seria problema para a Pirelli. De acordo com seu diretor de automobilismo, a expansão do mercado da categoria para a América, Ásia e Oriente Médio compensaria as dificuldades enfrentadas pelo Velho Continente.

‘Somos uma empresa global, trabalhamos com o mundo inteiro e dependemos de vários mercados, não só a Europa. A F-1 é uma marca com alcance em novos mercados que são muito importantes para a companhia’, afirmou.

Continua após a publicidade
Publicidade