Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Piqué provoca Cristiano Ronaldo em comemoração do Barcelona

Na festa pelo título da Liga dos Campeões, zagueiro citou o nome de Kevin Roldán, músico colombiano que ajudou a criar uma crise no rival Real Madrid

Por Da Redação 8 jun 2015, 10h14

Os jogadores do Barcelona, recém-coroados campeões europeus, foram recebidos neste domingo por milhares de torcedores em uma festa que tomou as ruas da Catalunha e terminou no gramado do Camp Nou. Como de costume, os principais astros do elenco pegaram o microfone para saudar a torcida no estádio. E além de agradecimentos, houve também uma provocação bem direta do zagueiro Gerard Piqué aos rivais do Real Madrid, em especial a Cristiano Ronaldo.

Leia também:

Juventus dá trabalho, mas Neymar fecha temporada perfeita do Barça​

No reinado de Messi, Barça domina a Europa e assombra os rivais

Festa de Cristiano após goleada abre crise no Real Madrid

Continua após a publicidade

Ao final de seu discurso, o marido de Shakira agradeceu ao músico colombiano Kevin Roldán, que ganhou fama mundial em fevereiro ao vazar fotos da animadíssima festa de aniversário de Cristiano Ronaldo, horas depois de uma derrota do Real para o Atlético de Madri, por 4 a 0. “Quando estivemos aqui em 2009, eu pensei que nunca iríamos conseguir uma tríplice coroa novamente, mas estamos aqui de volta. Eu agradeço à equipe, à comissão técnica, à direção, a vocês torcedores. E ao Kevin Roldán, você começou tudo”, provocou Piqué, antes de ser abraçado por todos os companheiros.

O caso do aniversário do craque português causou enorme confusão na capital espanhola. Muitos torcedores do Real Madrid condenaram o fato de Cristiano aparecer celebrando depois de sofrer uma goleada em um clássico. O próprio atacante criticou o músico Roldán por ter divulgado as imagens. Desde então, Cristiano e o Real Madrid vivem uma fase de poucas vitórias e muita turbulência.

Apesar de ter sido campeão mundial e europeu com a seleção espanhola, Piqué é um dos atletas mais controversos do país – a torcida do Real Madrid, em especial, o detesta. Catalão e formado nas categorias de base do Barça, Piqué coleciona confusões com o maior rival. Sua comemoração depois de uma goleada do Barça por 5 a 0 sobre o Real iniciou as rusgas em 2010 – José Mourinho, então técnico do Real, chegou a colocar uma foto do zagueiro, com a mão espalmada (contando os gols da goleada), no vestiário do Bernabéu, para motivar seus atletas em uma futura vingança.

Em outra ocasião, um jornal divulgou que Piqué teria dito a jogadores rivais que ganharia a “Copa do reizinho de vocês”, em referência a Copa do Rei da Espanha – fato negado pelo defensor. Ele é constantemente visto nas manifestações a favor da independência da Catalunha, mas segue jogando pela seleção espanhola. Neymar e Lionel Messi, os heróis do título da Liga dos Campeões, também agradeceram à torcida e celebraram bastante duranta a festa no Camp Nou, mas foram mais diplomáticos em seus discursos.

https://youtube.com/watch?v=ieJwdREBvUk%3Frel%3D0

Neymar celebra o título da Liga dos Campeões com seus companheiros de Barcelona no Camp Nou
Neymar celebra o título da Liga dos Campeões com seus companheiros de Barcelona no Camp Nou VEJA

​(da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade