Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Pinheiros perde para Peñarol e fica com o vice do Torneio Interligas

Por Da Redação
28 mar 2012, 00h25

O Pinheiros/SKY não conseguiu sair com o inédito título internacional. Nesta terça-feira, o time paulista perdeu para o Peñarol, fora de casa, por 88 a 75, e ficou com o vice-campeonato do Torneio Interligas pela segunda vez consecutiva.

O grande destaque da partida foi o ala/pivô Léo Gutierrez, do Peñarol, que foi o cestinha do jogo, com 21 pontos, e acabou sendo eleito o jogador mais valioso (MVP, em inglês) da final. Além dele, o pivô argentino Martin Leiva também se destacou com um double-double de 17 pontos e 15 rebotes. Pelo Pinheiros, Shamell foi o principal pontuador, com 17 pontos.

Apesar da pressão da torcida argentina, que não parou de cantar um segundo, o Pinheiros foi para cima do Peñarol no início da partida. Com duas bolas consecutivas de três pontos, uma de Shamell e outra de Marquinhos, os brasileiros abriram quatro pontos de vantagem no primeiro quarto. Após um tempo do técnico Sergio Hernandez, o Peñarol voltou melhor ofensivamente e equilibrou o jogo. As bolas de três do ala/pivô Léo Gutierrez começaram a cair e os mandantes viraram o placar.

No segundo quarto, o Peñarol acertou a defesa sobre o Pinheiros e conseguiu ampliar a vantagem para oito pontos nos primeiros minutos. As bolas de três pontos do ala Marcos Mata e de Gutierrez mantiveram o time argentino com uma boa diferença durante todo o período. A equipe paulista, liderada por Shamell e Marquinhos, aos poucos, foi se recuperando ofensivamente, mas permitiu que o adversário abrisse 12 pontos antes do intervalo.

Os argentinos voltaram pressionando o time brasileiro, roubaram algumas bolas e aumentaram a vantagem para 16 pontos. O técnico do Pinheiros, Claudio Mortari, mexeu na equipe colocando o ala Renato e o pivô Fiorotto em quadra. A entrada dos jogadores foi importante para o clube paulista, que conseguiu baixar a diferença para 11 pontos. Porém, durante o bom momento dos brasileiros, o armador Juan Pablo Figueroa cometeu sua quinta falta e teve que sair mais cedo da partida. Assim, os donos da casa aproveitaram para recuperar o placar.

Continua após a publicidade

Ter que correr atrás do placar foi difícil para o Pinheiros, que tentou pressionar na defesa e buscar a vitória até o final. No entanto, o Peñarol soube aproveitar os erros da equipe brasileira e ampliou ainda mais a diferença, que chegou a ser de 21 pontos. ‘Não perdemos para qualquer equipe. O Peñarol é bicampeão argentino, sabe decidir uma partida e eles conseguiram abrir uma boa vantagem que custou para gente o jogo’, afirmou o ala Marquinhos. ‘É triste perder mais uma final, mas agora é seguir trabalhando. Nosso objetivo é o NBB e temos mais três partidas para nos mantermos em primeiro. Vamos em busca disso’, completou o ala do Pinheiros.

‘Temos que aprender como uma situação como essa. Temos que levar toda essa experiência de poder encarar uma equipe como o Peñarol, na casa deles. Felizmente, podemos encarar mais uma competição, que é o NBB, e buscar mais um título nesta temporada’, comentou o armador argentino do Pinheiros, Juan Pablo Figueroa.

A campanha do Pinheiros no Torneio Interligas deste ano foi de três vitórias na fase de classificação, superando o Lanús e o Libertad Sunchales, da Argentina, e o Unitri/Universo. A única derrota foi na final, para o Peñarol. Agora, os paulistas seguem o foco no NBB, onde estão na primeira colocação, com 20 vitórias em 25 partidas.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.