Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pilotos da F1 exaltam asa móvel e elogiam pneus Pirelli

Por Felipe Mendes

São Paulo – Às vésperas da última corrida da temporada, que será realizada neste domingo, no circuito de Interlagos, em São Paulo, os pilotos se mostraram satisfeitos nesta quinta-feira com as novidades que a Fórmula 1 apresentou neste ano. Tanto a asa móvel quanto os pneus Pirelli foram aprovados tanto pelos jovens pilotos quanto por veteranos, como Michael Schumacher e Rubens Barrichello.

“Acho que as corridas melhoraram bastante. Tivemos grandes provas neste ano. Sem as asas móveis não teríamos aquela disputa entre Webber e Hamilton, na Coreia do Sul, por exemplo”, citou Schumacher, se referindo à disputa pelo segundo lugar na corrida realizada em outubro na Ásia. “Mas é claro que ainda pode ser melhorada, porque não há nada perfeito”.

Barrichello fez coro ao piloto da Mercedes durante o início dos preparativos para o GP do Brasil. “Gostei bastante. Foi incrível o número de ultrapassagens neste ano. Ainda é difícil acompanhar os carros da frente, mas o DRS [Drag Reduction System, na sigla em inglês para o dispositivo da asa móvel] tem ajudado bastante”, avaliou o brasileiro, que sofreu neste ano com o fraco desempenho da sua Williams.

Button, por sua vez, surpreendeu ao elogiar a forte degradação dos pneus Pirelli. Para o inglês, o rápido desgaste dos novos jogos de pneus, em comparação aos da Bridgestone, antiga fornecedora da F-1, tem deixado as corridas mais “divertidas”. “Acho que a Pirelli fez um bom trabalho neste ano”.

Mesmo sem mostrar a mesma empolgação de Button, Barrichello também aprovou a mudança, que tem gerado mais paradas nos boxes, deixando as corridas mais imprevisíveis. “O show foi aperfeiçoado”, avaliou o brasileiro.