Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Piloto de testes da Marussia perde olho após acidente

Por AE

Londres – A piloto de testes María de Villota perdeu seu olho direito após sofrer um grave acidente durante um treino da Marussia. A equipe afirmou nesta quarta-feira que a espanhola, de 32 anos, está em condição crítica, mas estável, em um hospital após sofrer o acidente na base aérea de Duxford, na Inglaterra, na manhã de terça.

“Somos gratos pela atenção médica que María tem recebido, e sua família também gostaria de agradecer às equipes neurológica e de cirurgia plástica. No entanto, é com muita tristeza que temos que informar que, devido às lesões sofridas, María perdeu seu olho direito”, disse John Booth, chefe da equipe Marussia.

A Marussia explicou que ela passou por uma longa cirurgia em razão de fraturas na cabeça e na face, sofridas em razão do acidente, quando seu carro se colidiu em um caminhão de apoio da equipe. De Villota passou por uma operação que começou na tarde de terça-feira e durou até a manhã desta quarta. Ela foi tratada pelas equipes de cirurgia plástica e neurológica.

De Villota é a primeira piloto a fazer parte da Fórmula 1 desde que a italiana Giovanna Amati pilotou um carro da equipe Brabham em 1992. “O bem-estar de María e da sua família continuarão sendo nossa prioridade Sua família está no hospital e estamos fazendo o possível para ajudá-los”, afirmou Booth.

“Com relação ao acidente, demos início a uma análise profunda para entender o que aconteceu. Por fim, fomos surpreendidos com várias mensagens de apoio à María, à sua família e à equipe, e gostaríamos de expressar nossa sincera gratidão”, concluiu.