Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pietro Fittipaldi sofre grave acidente em treino das 6 Horas de Spa

Neto de Emerson Fittipaldi, piloto de 21 anos bateu forte e fraturou a perna; Segundo pai de Pietro, pane elétrica no carro causou acidente

O piloto brasileiro Pietro Fittipaldi sofreu grave acidente nesta sexta-feira, durante treino de classificação para as 6 Horas de Spa-Francorchamps, na Bélgica. O atleta de 21 anos, neto do campeão de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi, participava  do Mundial de Resistência (WEC) pela equipe DragonSpeed, e durante a parte inicial da sessão que definiu o grid de largada, saiu da pista na Eau Rouge, uma das curvas mais difíceis do automobilismo mundial, e se chocou contra a proteção de pneus.

As primeiras informações divulgadas pela equipe foram de que o brasileiro sofreu fraturas nas duas pernas, e que a direita foi mais afetada pela colisão. Ainda de acordo com a DragonSpeed, o piloto não corre risco de vida. Em contato telefônico, Gugu da Cruz, pai de Pietro, informou que a batida se deu por um problema do carro.

“Houve uma pane elétrica, já havia acontecido o mesmo em testes em Barcelona. Quando é assim, o piloto perde totalmente o controle do carro, é como se fosse um passageiro. A equipe garantiu que havia consertado o problema”, lamentou Gugu, que chegara de um voo de Frankfurt e estava a caminho do hospital.

Ele contou que o filho estava bem, mas com “ao menos uma perna fraturada”, o que comprometerá sua temporada, que inclua presença nas 500 Milhas de Indianápolis.

No treino de classificação, o japonês Kamui Kobayashi, que forma equipe com o inglês Mike Conway e o argentino José María López, conseguiu a primeira colocação. O trio que conta com o espanhol Fernando Alonso, também formado pelo japones Kamui Kobayashi e Sebastian Buemi, fechou a disputa no quinto posto.

(com agência EFE)