Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Peugeot revela a nova geração do 308 – que mudou muito

Última versão saiu há só dois anos, mas a montadora já faz outra renovação

Lançado na Europa em 2007 e atualizado há cerca de dois anos, o Peugeot 308 enfrenta mais um processo de renovação. A nova geração do hatchback teve suas primeiras imagens e informações oficiais reveladas nesta semana. E, ao que tudo indica, ele quebra totalmente os vínculos com o atual 308 quando o assunto é o visual. A aparência, aliás, se aproxima do novo compacto 208, o primeiro modelo a exibir o novo padrão de design adotado pela marca francesa. A notícia pegou muita gente de surpresa, inclusive os consumidores brasileiros, já que a estreia do 308 no mercado nacional se deu há pouco mais de um ano.

Leia também:

Novo Hyundai Santa Fe chega ao país por 135.000 reais

Salão de Xangai adianta novidades do mercado brasileiro

Honda CR-V volta às lojas. Agora flex, a partir de R$ 98.900

Mercedes GLA, a versão jipe do novo Classe A

O novo 308 será produzido primeiramente na fábrica da Peugeot de Sochaux, na França, a partir de meados deste ano. A chegada às lojas da Europa deve ocorrer em setembro, simultaneamente à apresentação do modelo, no Salão de Frankfurt, na Alemanha. De acordo com o fabricante, o novo 308 usa a plataforma PSA-EMP2, a mesma utilizada pelo novo C4 Picasso, produzido pela Citroën. De acordo com dados preliminares, o novo 308 mede 4,25 metros de comprimento e 1,46 m de altura. Estas medidas são ligeiramente menores que as da atual geração.

Quer saber quanto vale seu carro? Consulte a tabela VEJA

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

O novo modelo também ficou mais 140 quilos mais leve, mas seu espaço interno cresceu, assim como o porta-malas, que passa a acomodar 470 litros de bagagens – o atual tem 348 litros. Entre os destaques da parte frontal está a grade, com moldura cromada, e os faróis que contam com luzes de diodos luminosos enfileirados na parte superior da lente. No interior chama a atenção o design, com ênfase em figuras geométricas, e o visual limpo, de poucos detalhes. Isto porque a maioria das funções é ativada por meio de uma tela de 9,7 polegadas instalada no centro do painel. A gama de motores do novo 308 ainda é um mistério, mas a Peugeot afirma que as versões mais econômicas dos motores do 308 emitem, em média, 85 g/km de CO2.