Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras voltará à Fórmula 1 em 2019. Desta vez, na McLaren

Empresa fornecerá combustível para a equipe a partir da próxima temporada

A Petrobras voltará ao automobilismo, e novamente à Fórmula 1, em 2019. A empresa brasileira fornecerá combustível para a escuderia McLaren, que após 23 anos encerrará um contrato com a Esso Mobil Exxon, segundo informação do blog Velocidade, do jornalista Castilho de Andrade. Entre 1998 e 2008, a Petrobras forneceu combustível para a Williams, que venceu dez provas no período e foi vice-campeã de construtores em 2002 e 2003. Em 2001 e 2002 também forneceu óleo lubrificante para a Jordan.

Entre 2014 e 2016, a empresa brasileira foi patrocinadora da Williams, mas sem fornecimento de combustível. No período, Felipe Massa foi piloto da escuderia. Em 2017, a estatal patrocinou o GP Brasil, o que já havia feito entre 2009 e 2015. Neste ano, pela primeira vez desde 1969, a categoria não terá pilotos brasileiros na pista.