Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Perto da queda, Avaí quer mostrar dignidade com vitória

Por Da Redação 19 nov 2011, 07h12

Por Júlio Castro

Florianópolis – Dignidade e respeito ao torcedor. São com estes princípios que o Avaí parte para a série decisiva de três partidas que lhe restam para sucumbir ao rebaixamento para a segunda divisão. Lanterna do Campeonato Brasileiro, mas com remota chance se manter na elite, o time tem largada à desafiadora missão neste sábado, às 19 horas, diante do vice-líder Vasco, no estádio São Januário, no Rio de Janeiro.

O time catarinense, com 30 pontos em 35 partidas disputadas até o momento, está condicionado exclusivamente à vitória para seguir com chances de se livrar da queda. Caso contrário, estará matematicamente rebaixado com duas rodadas de antecedência.

Comandado pelo técnico interino Edson Neguinho – o novo treinador Mauro Ovelha assumirá somente após o término do Brasileirão – o Avaí entrará em São Januário desfalcado do zagueiro Cláudio Caçapa e do lateral-esquerdo Fernandinho, ambos suspensos. Cássio e Romano, respectivamente, devem assumir as posições. O lateral-direito Daniel volta depois de cumprir suspensão automática. O goleiro Felipe, por opção do treinador, será substituído por Moretto.

Continua após a publicidade

Publicidade