Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Pelé tirou um dos rins quando jogava no Cosmos

Na época, foi encontrado um tumor no órgão, retirado nos EUA em 1977

Por Da Redação - 28 nov 2014, 12h26

Pelé fez piadas na manhã desta sexta-feira na UTI do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde faz tratamento desde segunda-feira de uma infecção urinária. Ele respira sem o auxílio de aparelhos, mas o fato de ter apenas um rim dificulta sua recuperação. Pelé tirou um dos rins quando ainda era jogador do Cosmos, nos Estados Unidos, em 1977. Exames médicos da época descobriram um tumor. Pelé nunca deixou que essa informação fosse divulgada no Brasil. “Seu quadro é grave sim, mas não é crítico agora”, disse uma fonte que acompanha a recuperação de Pelé.

Leia também:

Pelé apresenta melhora clínica, mas continua sob cuidados

‘Pelé mudou de quarto para ter privacidade’, diz assessor

Publicidade

Pelé é internado em São Paulo com infecção urinária

Ex-goleiro Edinho, filho de Pelé, é preso novamente

Pelé recebe alta e deixa hospital depois de cirurgia em SP

Com dor estomacal, Pelé cancela evento e é internado em São Paulo

Publicidade

Pelé completa 74 anos e recebe homenagens. CBF ignora

Seu quadro de saúde ainda é acompanhado de perto e monitorado o tempo todo. Na terça-feira, a condição de Pelé era muito ruim. Ele teve ligeira melhora na quarta e nesta sexta reagiu bem aos medicamentos. Pelé toma antibióticos fortes. A família e responsáveis pelo hospital debateram muito nesta quinta sobre as informações que poderiam dar ao público. A família não queria que nada fosse divulgado.

Os médicos do hospital não confirmam se existe ou existiu a sepse (conjunto de manifestações graves em todo o organismo produzidas por uma infecção), embora não seja descartada. Até agora também não há informação se qualquer tipo de tumor foi encontrado.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade