Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Peixe reclama de Wagner Ribeiro, mas pai de Neymar mantém vínculo

Por Da Redação 4 set 2011, 17h11

O pai de Neymar, xará do filho, se diz surpreso com a notícia da negociação com o Barcelona e assegura que Wagner Ribeiro continua como empresário do atacante, desmentindo o rompimento da relação. Quem manifesta insatisfação com o agente é o Santos, irritado com sua intenção de tirar o jogador da Vila Belmiro.

‘O Wagner cuida dos interesses dele, quer ver o Neymar jogando fora do País. Quero que o Neymar continue aqui, por mim vai sair daqui a 80 anos. Não estou preocupado com dinheiro’, disse à rádio Jovem Pan o presidente do clube, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, descartando, porém, encerrar as conversas com o empresário.

Assim como o pai de Neymar, que está na Inglaterra acompanhando os treinos do filho na Seleção Brasileira e assegura que a relação com Wagner Ribeiro está firme. ‘Continua tudo igual. O Wagner cuida das coisas do Neymar, o Neymar trabalha com o Wagner, e eu sou o pai do Neymar’, afirmou.

O parente do astro alega ainda desconhecer a negociação do artilheiro com o Barcelona, como foi publicado neste domingo pelo jornal O Estado de S. Paulo. ‘Para mim, é uma grande surpresa a notícia da venda do Neymar, fiquei sabendo aqui em Londres. Mas ele ainda é jogador do Santos’, assegurou.

É o mesmo discurso de Luis Álvaro, que desconversa até sobre uma oferta do atual campeão da Liga dos Campeões da Europa e possível adversário do Peixe na final do Mundial de Clubes, em dezembro, para levar o seu principal jogador.

‘Proposta tem a cada meia hora, até o Radium de Mococa nos procura pelo Neymar. Somos procurados todos os dias, mas não penso em vender’, frisou o presidente, demonstrando estranheza em relação aos 60 milhões de euros (quase R$ 140 milhões) que a equipe da Catalunha teria oferecido para ter o atacante só a partir de janeiro de 2013.

‘Não confirmo esse valor de 60 milhões de euros. O valor de 45 milhões de euros [R$ 104 milhões] foi estipulado apenas para a multa [rescisória]. Neste momento, teria de haver uma briga para sair, pois há um campeonato em andamento. Agora, o Neymar também tem um valor de mercado, que acho que é superior a 45 milhões de euros’, estimou Luis Álvaro, enfático para negar a negociação de seu craque.

‘Essa notícia da venda do Neymar é mentirosa. Sou amigo do Neymar, é um ídolo para mim. Ele vai sair a partir do momento em que me procurar e falar que tem o desejo de jogar na Europa. Aí vou ajudá-lo, é claro que procurando defender os interesses do Santos’, comentou.

Continua após a publicidade
Publicidade