Clique e assine a partir de 8,90/mês

Pego no doping, tenista croata é suspenso por nove meses

Marin Cilic é punido mesmo após afirmar que uso de estimulante foi acidental

Por Da Redação - 16 set 2013, 15h57

A Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês) anunciou nesta segunda-feira a suspensão do croata Marin Cilic pelo período de nove meses após ser constatada a presença de niquetamida – conhecida como Coramine -, substância estimulante proibida pela Agência Mundial Antidoping, em um exame realizado em abril, durante o ATP de Munique. A suspensão de Cilic, número 24 do mundo, é válida de 1º de maio último até 31 de janeiro de 2014 e os pontos e premiações conquistados pelo tenista nos torneios disputados desde o começo da punição serão devolvidos.

Leia também:

Copa Davis: Brasil fica de fora do grupo de elite e República Tcheca vai à final

Nadal, campeão e cada vez mais perto de ser o número 1

Rafael Nadal é bicampeão do Aberto dos EUA

Serena se vinga de rival e vence 5º Aberto dos EUA

Em sua defesa, Cilic alegou que ingeriu o estimulante em pastilhas de glicose compradas em nome de outra pessoa em uma farmácia. O tribunal aceitou o argumento e amenizou a pena por entender que ele não teve a intenção de melhorar seu desempenho e consumiu a substância de maneira acidental. A imprensa croata já havia revelado que o tenista havia testado positivo para uma substância proibida, mas nem o tenista e nem a ITF tinham se pronunciado sobre o assunto. As especulações sobre a suspensão de Cilic começaram após sua desistência de Wimbledon alegando uma lesão no joelho.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade