Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Paulo Henrique Ganso ficará afastado de 30 a 45 dias

Por Da Redação 8 set 2011, 18h10

Após pedir dois dias de descanso ao departamento médico do Santos, o meia Paulo Henrique Ganso resolveu antecipar o exame para avaliar a gravidade da lesão sofrida no amistoso entre a seleção brasileira e Gana, na segunda-feira, em Londres, na Inglaterra. Na avaliação, os médicos do clube detectaram uma lesão de grau 2 no músculo posterior da coxa esquerda. Com isso, apesar de o Santos não confirmar, a pedido do técnico Muricy Ramalho, Ganso ficará afastado de 30 a 45 dias.

A contusão de Ganso aconteceu logo nos primeiros minutos da vitória brasileira sobre Gana – 1 a 0, gol de Leandro Damião. Ele diz estar muito preocupado e triste com a nova lesão,

Sem o meia, Muricy terá de improvisar, e a tendência é que o centroavante Alan Kardec seja mantido ao lado de Borges no ataque, com Neymar um pouco mais recuado para ajudar na criação de jogadas.

Além de Ganso, o meia Elano e o volante Henrique também foram avaliados pelo departamento médico na reapresentação do elenco, na tarde desta quinta, no CT Rei Pelé. Elano sofreu uma lesão de grau 2 no bíceps da perna direita, e não joga contra o Cruzeiro, sábado, na Vila Belmiro. Henrique teve uma entorse sem rupturas no joelho esquerdo e deverá ser reavaliado para saber se poderá jogar np sábado.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade