Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Patrícia perde eleição e Flamengo tem novo presidente

Com a promessa de modernizar o departamento de futebol rubro-negro, Bandeira de Mello vai comandar o clube carioca pelos próximos três anos

Por Da Redação 4 dez 2012, 02h56

O candidato Eduardo Bandeira de Mello derrotou Patrícia Amorim nas eleições do Flamengo e se tornou o novo presidente do clube carioca. Com 1.414 votos, a Chapa Azul, encabeçada por Bandeira, superou a Chapa Amerelo Ouro de Patrícia por 500 votos. Em terceiro lugar, a Chapa Rosa, de Jorge Rodrigues, foi escolhida por 347 sócios.

Eleito com a promessa de modernizar o departamento de futebol do Flamengo, o novo presidente fica no cargo pelos próximos três anos, até o final de 2015. O principal desafio de seu mandato será conter a má situação financeira do clube, que tem uma dívida de centenas de milhões de reais.

Patrícia Amorim – Ainda durante a contagem das urnas, a ex-presidente Patrícia Amorim admitiu a derrota e deu um abraço no vencedor. “Se errei, peço desculpas”, comentou, resignada. Patrícia deixa o Flamengo depois de fracassos no futebol nos dois últimos anos e inúmeras crises na equipe. Além do desentendimento com Zico, maior ídolo do clube e apoiador de Bandeira de Mello, os constantes atrasos de salários e a decepção da contratação de Adriano marcaram a última gestão.

Essa foi a segunda derrota de Patrícia nas urnas em 2012. Candidata a reeleição também na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, a presidente do Flamengo recebeu apenas 11.687 votos e não conseguiu mais um mandato.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade