Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Patrícia Amorim recusa chefiar futebol na Olimpíada

Presidente do Flamengo foi convidada para comandar a delegação feminina

A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, anunciou nesta sexta-feira que recusou o convite feito pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, para chefiar a delegação feminina de futebol na Olimpíada de Londres. De acordo com comunicado do Flamengo, Patrícia ficou sensibilizada com o convite, mas tem o Flamengo como prioridade, e não pode ficar afastada do clube por um mês, período em que a seleção ficará em Londres, contando a fase de preparação – o torneio vai de 25 de julho a 11 de agosto.

O comunicado também diz que o Flamengo continuará de portas abertas ajudando a CBF e suas seleções no que for necessário. Na ocasião em que convidou Patrícia, há dez dias, Marin alegou que a escolha era uma homenagem à mulher brasileira. A delegação do futebol masculino brasileiro será chefiada pelo presidente da Federação de Futebol de Santa Catarina, Delfim Peixoto.

(Com Agência Estado)