Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Pato viaja para a estreia pensando em manter sua marca

Atacante fez gols em todas as estreias de sua carreira, inclusive pela seleção

Por Da Redação 11 mar 2014, 09h58

Falta pouco para Alexandre Pato defender o São Paulo pela primeira vez. Antes de viajar para Maceió, onde participará do jogo com o CSA, pela Copa do Brasil, na noite de quarta-feira, o atacante falou, na segunda, sobre a ansiedade e sobre uma marca positiva de sua carreira: ele sempre fez gols nos jogos de estreia. Ao vestir pela primeira vez as camisas do Internacional, do Milan, da seleção brasileira e do Corinthians, o atleta sempre balançou as redes. Na estreia pelo São Paulo, ele estará ao lado de Luis Fabiano, atacante que já fez parte de outra partida que o marcou. Em 26 de março de 2008, o artilheiro veterano foi substituído justamente por Pato, que entrou e marcou o gol que deu ao Brasil a vitória por 1 a 0 sobre a Suécia, em Londres. Naquela noite, Pato precisou de apenas treze minutos para marcar.

Leia também:

São Paulo faz dois contra, mas supera Corinthians e jejum

No São Paulo, Alexandre Pato diz ser ‘muito trabalhador’

Pato se destaca e faz gol de letra em treino do São Paulo

O primeiro gol pela seleção foi bonito: depois de longo lançamento do campo de defesa brasileiro, o goleiro Isaksson abandonou a área e tentou afastar o perigo, mas acertou a bola no atacante, que se virou rapidamente para o gol vazio e chutou de perna esquerda. A estreia pelo Milan também teve um golaço, por cobertura, num jogo contra o Napoli, no San Siro. Em 2006, em sua estreia como profissional, Pato marcou contra o Palmeiras no primeiro minuto de jogo. E pelo Corinthians, no ano passado, o atacante entrou no decorrer do jogo com o Oeste, no Pacaembu, e deixou o seu gol. “Fiquei muito ansioso antes de todas as estreias, como estou agora. Mas o segredo é fazer aquilo que se faz nos treinos”, disse o jogador, que tem feito boas exibições nas práticas no CT do clube. “É duro ficar só treinando. Espero que dê tudo certo”.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Publicidade