Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Pato recorda piada de Ronaldo no Milan: ‘Playboy ou Kaká?’

Recém-chegado na Itália em 2007, Pato revela que teve de escolher entre o lado "safadão" de Ronaldo ou o grupo dos "inocentes" de Kaká

Por Da redação 4 nov 2016, 16h00

Nos tempos em que o Milan intimidava qualquer time no mundo e reunia no elenco Ronaldo, Kaká e o então novato Alexandre Pato, uma coisa era certa: os brasileiros se divertiam. Só em outubro, duas histórias bem-humoradas das aventuras de Ronaldo extra-campo vieram à tona, uma jogando pela Inter de Milão e outra quando atuava no Real Madrid. Agora,  Pato — atualmente no Villareal, da Espanha reiterou o lado baladeiro e “safadão” do ex-camisa 9.

  • Recém-contratado pelo Milan em 2007, Pato, aos 18 anos, revelou que chegou na equipe tendo de escolher qual “panelinha” do time gostaria de entrar. O atacante, em entrevista à Fox Sports italiana, conta que Ronaldo, na época já com uns quilinhos a mais, interveio e tentou persuadi-lo com uma revista ‘Playboy’ a entrar no time dos “descolados” e não ir para o lado “bom moço” de Kaká, assumidamente pregador da religião evangélica.

    “No vestiário estava sentado entre Maldini e Ronaldo e na minha frente tinha o Kaká. Em um dos primeiros dias que lembro, Ronaldo me perguntou se queria me juntar ao seu grupo, mostrando-me uma revista Playboy, ou ao grupo de Kaká, que tinha ‘coisas de igreja no vestiário”, contou Pato, que voltou à equipe do Villareal na derrota desta quinta-feira para o Osmanlispor, da Turquia, pela Liga Europa. O atacante de 27 anos estava com caxumba e ficou fora da equipe.

    Publicidade