Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Paris Saint-German bate Lyon em Gerland e garante o título

O PSG finalmente fez jus aos investimentos milionários do fundo de investimentos do Catar que comprou o clube em agosto de 2011. Em menos de dois anos, foram gastos cerca de 250 milhões de euros em contratações

O Paris Saint-Germain sagrou-se campeão francês pela terceira vez da sua história, neste domingo, ao derrotar o Lyon fora de casa por 1 a 0, pela 36ª rodada da Ligue 1. No estádio de Gerland, o gol do título foi marcado aos oito minutos do segundo tempo pelo meia Jérémy Menez, que balançou as redes com um disparo cruzado de canhota após receber passe açucarado do brasileiro naturalizado italiano Thiago Motta.

A duas rodadas do fim do campeonato, o PSG soma 77 pontos não pode mais ser alcançado pelo arquirrival Olympique de Marselha, que tem sete pontos a menos.

O time parisiense, que foi fundado apenas em 1970 e foi campeão pela primeira vez em 1986, não conquistava o título nacional desde 1994, quando contava com os brasileiros Raí, Valdo e Ricardo Rocha. Nesta temporada, o clube tem nada menos de cinco brasileiros no seu elenco, mas apenas Maxwell, Alex e Thiago Motta estavam no gramado na partida deste domingo contra o Lyon, já que Thiago Silva estava suspenso e Lucas lesionado.

Após ter batido na trave no ano passado ao deixar o título com o surpreendente Montpellier, o PSG finalmente fez jus aos investimentos milionários do fundo de investimentos do Catar que comprou o clube em agosto de 2011. Em pouco menos de dois anos, foram gastos cerca de 250 milhões de euros em contratações.

Na hora do gol de Menez, o presidente Nasser Al Khelaifi, que estava presente na arquibancada, abraçou o diretor de futebol Leonardo. O brasileiro não teve acesso ao banco de reservas nem ao vestiário por ter sido suspenso pela comissão disciplinar da Ligue 1 pelo “esbarrão” no árbitro da partida contra o Valenciennes no último domingo.

Liderando com folga o campeonato nacional, o PSG também fez uma boa campanha na Liga dos Campeões, sendo eliminado pelo Barcelona nas quartas de final pelo critério dos gols marcados fora de casa, após empatar em 2 a 2 no Parque dos Príncipes e em 1 a 1 no Camp Nou.

O “Hexagoal”, troféu oficial da Ligue 1, será entregue aos jogadores em cerimônia prevista para este segunda-feira na praça do Trocadéro, de frente para a Torre Eiffel.

A vitória do PSG também tirou o Lyon da disputa pela vice-liderança, que garante uma vaga direta para a Liga dos Campeões, sem passar pela fase preliminar. O segundo lugar ficou com o Olympique, que no sábado superou o Toulouse por 2 a 1 com dois gols do ganês André Ayew.

Mais cedo, o Evian (17º), que na quarta-feira avançou às semifinais da Copa da França ao golear o Lorient por 4 a 0, saiu da zona de rebaixamento ao castigar o Nice (5º) pelo mesmo placar.

—Resultados da 36ª rodada do Campeonato Francês:

– Sexta-feira:

Lille – Reims 3 – 0

– Sábado:

Olympique de Marselha – Toulouse 2 – 1

Bastia – Montpellier 3 – 1

Brest – Sochaux 0 – 2

Valenciennes – Rennes 4 – 1

Ajaccio – Troyes 0 – 1

Bordeaux – Nancy 3 – 2

– Domingo:

Lorient – Saint-Etienne 3 – 1

Evian – Nice 4 – 0

Lyon – Paris SG 0 – 1

Classificação: Pts J V E P Gp Gc S

1. Paris SG 77 36 23 8 5 63 21 42

2. Olympique de Marselha 70 36 21 7 8 42 34 8

3. Lyon 63 36 18 9 9 58 37 21

4. Lille 60 36 16 12 8 58 39 19

5. Nice 60 36 17 9 10 54 45 9

6. Saint-Etienne 59 36 15 14 7 57 31 26

7. Lorient 53 36 14 11 11 56 54 2

8. Bordeaux 52 36 12 16 8 38 32 6

9. Montpellier 51 36 15 6 15 54 49 5

10. Toulouse 45 36 11 12 13 45 46 -1

11. Valenciennes 45 36 11 12 13 47 50 -3

12. Rennes 45 36 13 6 17 47 56 -9

13. Bastia 43 36 12 7 17 48 65 -17

14. Sochaux 40 36 10 10 16 40 55 -15

15. Ajaccio 39 36 9 14 13 38 48 -10

16. Reims 39 36 9 12 15 32 42 -10

17. Evian 37 36 9 10 17 43 51 -8

18. Nancy 35 36 8 11 17 35 55 -20

19. Troyes 34 36 7 13 16 41 59 -18

20. Brest 29 36 8 5 23 30 57 -27

(Com Agência France Presse)