Clique e assine com 88% de desconto

Paraná vence o América-RN e se aproxima do G-4

Por Da Redação - 17 jul 2012, 23h58

Em uma noite gelada e chuvosa na capital paranaense, o Paraná Clube se reabilitou na Série B do Campeonato Brasileiro ao vencer o América-RN por 1 a 0, na Vila Capanema. Com o resultado, a equipe paranista chegou aos 18 pontos ganhos, na oitava colocação, apenas dois pontos atrás do Mecão, que está no G-4.

Depois de um primeiro tempo sem muitas oportunidades reais, depois do intervalo o Tricolor precisou de oito minutos para abrir o placar. Arthur, com um belo voleio, estufou as redes para fazer o único gol da partida.

Na próxima rodada, o Paraná Clube volta a campo no sábado, quando enfrenta o Criciúma, no Estádio Heriberto Hulse, em Santa Catarina. Na sexta-feira, o América-RN recebe o Ipatinga, no Estádio Nazarenão, em Goianinha.

O jogo – O Mecão tentou surpreender logo no primeiro lance, com Isac, parecendo com total liberdade na cara do gol, mas em total impedimento. Polêmica aos três minutos, com Arthur sendo derrubado na área e o árbitro mostrando cartão amarelo para o atacante alegando simulação. Wendel cobrou fala com perfeição, aos nove minutos, e Galatto foi buscar, fazendo grande defesa.Depois do bom início, o ritmo caiu bastante. Aos 17 minutos, Lúcio Curió foi lançado em velocidade e Luís Carlos deixou a meta para interceptar. O Paraná trabalhava bem a bola, mas tinha dificuldades para passar da intermediária adversária. Aos 27 minutos, Wellington tentou surpreender em cobrança de falta e mandou para muito longe.

Publicidade

Lesionado, o goleiro Gallato caiu no chão, paralisando a partida por alguns minutos antes da entrada de Thiago Schimidt. Arthur disparou rumo à linha de fundo, aos 34 minutos, se atrapalhou no lance e saiu com bola e tudo. Wendel invadiu a área, aos 42 minutos, chutou prensado e a bola saiu sem perigo. De cabeça, aos 45 minutos, Zé Luís obrigou o goleiro Thiago a fazer grande defesa.

Na segunda etapa, as equipes retornaram sem modificações. Aos cinco minutos, Wellington cobrou falta e a bola carimbou o travessão. O Tricolor dominava as ações e sofria com a forte marcação do América, que incluía muitas faltas. Até que, aos oito minutos, Arthur recebeu cruzamento na medida e, de voleio, mandou para o fundo das redes para abrir o placar.

Depois do gol, o Paraná diminuiu o ritmo, tocando mais a bola. Aos 18 minutos, o angolano Geraldo tentou o levantamento fechado e a bola saiu direto pela linha de fundo. A resposta veio aos 22 minutos, em cruzamento para Lúcio Curió, que na cara do gol desviou e lamentou a saída da bola tirando tinta da trave.

O Tricolor continuava criando mais, porém, sem eficiência para marcar. Aos 31 minutos, Wellington cobrou falta no meio da meta, facil para Thiago. Mais polêmica aos 36 minutos, com Marquinhos sendo derrubado dentro da área e o árbitro mandando o jogo seguir. Sem forças, o Mecão, que pareceu sentir demais o frio, não ameaçou a vitória paranista.

Publicidade