Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Paraná quer Ricardinho de técnico, mas jogador não confirma aposentadoria

Sem treinador desde a saída de Guilherme Macuglia, em dezembro, o Paraná quer definir logo seu novo comandante para dar início ao planejamento da temporada, que já está atrasado também pela indefinição da data da segunda divisão do Paranaense. O nome favorito do clube é Ricardinho, mas o jogador do Bahia ainda não decidiu se vai pendurar as chuteiras.

‘Estou conversando com o Paulo (Angione, gerente de futebol do Bahia) e não tem nada definido ainda’, declarou o atleta de 35 anos ao Paraná Online. O meia ainda tem um ano de contrato com o Tricolor baiano, mas não descarta se aposentar já.

Apesar do interesse confirmado em Ricardinho, o Paraná, por sua vez, trabalha com outras opções e não traça um perfil ideal de treinador. ‘Queremos um técnico capaz de administrar este momento de transição, no qual teremos muitos jovens na equipe’, analisou o gerente de futebol Alex Brasil.

O Paraná retoma suas atividades nesta quarta-feira tendo apenas 13 jogadores. Para compor o elenco, a diretoria vai recorrer à base do time. O grupo terá cerca de um mês e meio para preparar a equipe para a estreia da Copa do Brasil. Em compensação, caso a Segundona do Estadual não seja antecipada, o clube passará por um segundo semestre corrido, com duas competições simultâneas: Paranaense e Série B do Brasileirão.