Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Para Webber, distância aberta no começo foi importante para a vitória

Por Da Redação - 27 maio 2012, 14h29

Monte Carlo, 27 mai (EFE).- O australiano Mark Webber (Red Bull), que neste domingo venceu o Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1 pela segunda vez na carreira, afirmou que foi importante ter conseguido abrir uma distância, apesar de pequena, para o alemão Nico Rosberg (Mercedes) logo no começo da corrida.

‘O começo de corrida foi razoavelmente simples por ter obtido uma brecha com Nico Rosberg, que eu soube administrar e que nos proporcionou uma distância razoável. Foi uma sensação incrível em uma corrida muito interessante’, comentou Webber.

No entanto, o australiano admitiu que teve um pouco de dificuldades na parte final da prova, quando caiu uma chuva fraca que fez com que o piloto da Red Bull sofresse a aproximação dos concorrentes.

‘O chuvisco deixou a última partida da prova um pouco tensa. Rosberg e Hamilton e até mesmo Vettel e Massa se aproximaram’, declarou.

Publicidade

Após a vitória, Webber subiu para a terceira posição do Mundial, com 73 pontos, mesmo número de Vettel, vice-líder. O primeiro colocado é o espanhol Fernando Alonso (Ferrari), com 76. EFE

Publicidade