Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Para Wagner, eficiência e Cavalieri foram essenciais para vitória

Por Da Redação - 1 jul 2012, 08h03

Após a vitória do Fluminense por 2 a 0 sobre o Náutico, o meia Wagner encontrou dois fatores essenciais para a conquista dos três pontos por parte do Tricolor das Laranjeira: a eficiência para converter suas chances e a boa atuação de Diego Cavalieri para impedir que as do Timbu se concretizassem.

‘Foi uma partida muito complicada. Todos conhecem a força do Náutico nos Aflitos e contra o nosso time não foi diferente. Eles tiveram muitas chances de marcar, mas fomos mais eficientes e, além disso, contamos com o Cavalieri em uma tarde muito inspirada. Jogou muito e nos ajudou a conquistar essa vitória que é tão importante’, analisou o meio-campista.

Para o jogador de 27 anos, a vitória também serve para demonstrar a profundidade do elenco do Fluminense. ‘Ganhar um jogo em que tivemos tantas dificuldades é um bom sinal. Mostra que temos boas peças e que o time se supera nos momentos complicados. Além disso, vencer é sempre uma injeção de confiança na equipe e essa sequência sem perder também é’, destacou.

Wagner também se mostrou satisfeito com sua atuação. ‘Eu disse durante a semana que estou pronto para ajudar em qualquer situação. Eu corri, marquei e me doei bastante dentro de campo com o intuito de fazer o Fluminense sair vencedor da partida. Mas eu não falo só por mim. O time todo está de parabéns, pois se empenhou e não se abateu, mesmo quando o Náutico pressionou um pouco mais e teve chances de marcar’, concluiu.

Publicidade