Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Para Ponte Preta, 0 a 0 em casa com Vélez é bom resultado

'Não tomamos o gol', avaliou técnico Jorginho no jogo de ida das quartas

O torcedor da Ponte Preta, que compareceu em bom número ao Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pode não ter gostado do empate sem gols desta quinta-feira, no primeiro jogo das quartas de final da Copa Sul-americana. Mas o comandante Jorginho saiu satisfeito com o resultado, principalmente por causa do regulamento da competição continental.

Leia também:

Antonio Carlos faz dois e São Paulo bate o Atlético Nacional

“Tivemos muitas dificuldades, já que não estamos jogando contra qualquer equipe. O Vélez é um time muito qualificado e experiente nesse tipo de competição. Eles tiveram mais posse de bola, mas tivemos chances de sair com a vitória. Não tenha duvidas de que é um bom resultado, pois não tomamos o gol”, avaliou o treinador Jorginho.

O discurso também foi endossado pelo meia Chiquinho, que entrou em campo com a responsabilidade da armação do time campineiro. De acordo com o jogador, o mais importante foi ter deixado o campo sem ter a defesa vazada, já que o regulamento da Copa Sul-americana coloca os gols fora de casa como critério de desempate no confronto.

“O time do Vélez veio fechado, acabou complicando nosso estilo de jogo, que sempre foi com saída de bola mais rápida. Mas fomos felizes, pois não tomamos gol. Agora vamos buscar para a Argentina e buscar essa vitória”, projetou o atacante Chiquinho, em entrevista ao canal Fox Sports.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

A decisão da vaga nas semifinais da Copa Sul-americana será na próxima quinta-feira, quando Ponte Preta e Veléz Sarsfield voltam a se encontrar no Estádio José Amalfitani, às 20h45 (em Brasília). Para garantir a passagem à próxima fase, o time brasileiro precisa de um empate com gols – o vencedor da partida, claro, garante a classificação.

(Com Gazeta Press)