Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Para Mourinho, time deve ‘dar vida em campo’ para ir à final

Mesmo após sofrer goleada, treinador acredita que Real tem chance de passar

Por Da Redação 25 abr 2013, 10h36

A goleada sofrida pelo Real Madrid diante do Borussia Dortmund, por 4 a 1, na quarta-feira, deixou os alemães mais perto da decisão da Liga dos Campeões. Mas o Real Madrid ainda não desistiu da vaga na decisão. Para o técnico José Mourinho, seus jogadores devem deixar a vida em campo para reverter a situação. O Real Madrid conseguirá a vaga na decisão se vencer por 3 a 0 ou por quatro gols de vantagem. “Não existe o impossível no futebol. Podemos até ser eliminados, mas não sem morrer em campo”, disse o treinador.

Leia também:

Nem Messi salva o Barça: Bayern deu show e marcou 4 a 0

Ronaldo joga tênis na Espanha. Depois, pôquer e futebol no Brasil

Para o goleiro Diego López, o importante é esquecer a goleada sofrida. “Temos a fé e a convicção de que podemos recuperar. Este jogo está esquecido. Na cabeça de todos está apenas a partida da próxima terça e sabemos que podemos conseguir a virada milagrosa no Santiago Bernabéu.” Para que este “milagre” seja alcançado, os jogadores esperam que o estádio esteja lotado. “O apoio da torcida será fundamental na volta, mas nós que temos que dar o primeiro passo para que eles nos apoiem”, disse Xabi Alonso.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade