Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Para evitar oitavo fracasso, Felipão busca vaga contra Paraná

A eliminação no Campeonato Paulista já ficou no passado do Palmeiras, mas o técnico Luiz Felipe Scolari precisa da classificação na Copa do Brasil para evitar que seu trabalho seja ainda mais contestado por conselheiros e torcedores. Sem obter êxito nas sete competições que disputou desde que retornou ao Verdão em 2010, o treinador busca a sobrevivência no torneio nacional nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), diante do Paraná.

Apesar da desconfiança que voltou a gerar nos palmeirenses pela queda precoce no Paulistão, o elenco espera comprovar sua capacidade neste segundo confronto das oitavas de final da Copa do Brasil.

‘Nós não vamos atrás de polêmicas e queremos esquecer o que fizemos de ruim no passado, no Paulista. Vamos colher as coisas boas que tivemos, estando atentos e ligados para passar de fase’, afirmou o zagueiro Henrique, um dos líderes do elenco.

O jogo da noite desta quarta-feira será disputado na Arena Barueri, já que o Pacaembu será utilizado pelo rival Corinthians na Copa Libertadores. E o desempenho do Verdão na nova casa pode dar mais esperança à torcida, pois o aproveitamento é de 63% desde o fechamento do Palestra Itália para reformas, enquanto no Pacaembu apresenta 57,5% no mesmo período.

Para completar, o Palmeiras joga com a vantagem de se classificar em caso de empate, já que venceu o primeiro confronto contra os paranaenses por 2 a 1, em Curitiba. Por ter marcado gol fora de casa, uma derrota por 1 a 0 também garante o clube paulista. Desde o primeiro jogo das oitavas, o time de Felipão não teve mais compromissos e, desta forma, teve duas semanas para se ajustar e recuperar os lesionados.O volante Marcos Assunção, que foi substituído no primeiro confronto com os paranaenses, está recuperado de dores na costela e no joelho. Desta forma, o capitão tem sua escalação confirmada para o confronto. Já Maikon Leite está novamente à disposição depois de problema no joelho esquerdo, mas precisa disputar a posição com Mazinho.

Apesar da pressão que sofre, o Verdão chega como favorito para o confronto diante do time dirigido pelo técnico Ricardinho. Do outro lado, mesmo com todas as adversidades que cercam a segunda partida, o Tricolor da Vila não jogou a toalha. O time encara uma maratona de jogos pela Série Prata do Campeonato Paranaense, entrando em campo a cada dois dias, jogará fora de casa e ainda precisa reverter o placar desfavorável do jogo de ida marcando pelo menos dois gols em Barueri. A tarefa não será das mais simples.

O técnico Ricardinho terá como único desfalque o zagueiro Alex Bruno, que segue vetado pelo departamento médico. Como alívio aos titulares, na vitória diante do Cascavel, no final de semana, o comandante paranista optou por colocar os reservas em campo. Dessa forma, a expectativa é de uma equipe mais entrosada, com mais ritmo e descansada.

O atacante Elias, que briga por espaço com Douglas Tanque, quer aproveitar o conhecimento que tem da Arena Barueri para ajudar o Paraná a reverter a desvantagem. ‘A Arena Barueri é um estádio muito bom para se jogar. As dimensões do gramado são boas, e as condições dele também. Infelizmente não conseguimos o resultado no jogo de ida, mas temos condições de reverter o placar fora de casa. Nosso time tem potencial para construir um resultado positivo’, concluiu.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X PARANÁ

Local:Arena Barueri, em Barueri (SP)

Data:9 de maio de 2012, quarta-feira

Horário:22 horas (de Brasília)

Árbitro:Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa-RJ)

Assistentes: Marco Santos Pessanha e Rodrigo Henrique Corrêa (ambos do RJ)

PALMEIRAS:Bruno; Cicinho, Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, João Vitor e Valdivia; Mazinho (Maikon Leite) e Hernán Barcos

Técnico: Luiz Felipe Scolari

PARANÁ:Luis Carlos; Paulo Henrique, André Vinícius, Alex Alves e Fernandinho; Cambará, Douglas Packer, Wendel e Luisinho; Elias (Douglas Tanque) e Nilson

Técnico:Ricardinho