Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Para encerrar rixa no Bayer, atacante pedirá camisa a Messi antes de partida

Barcelona, 6 mar (EFE).- Depois da polêmica sobre os pedidos dos jogadores do Bayer Leverkusen pela camisa de Lionel Messi, o atacante Stefan Kiessling deu uma declaração bem-humorada nesta terça-feira, garantindo que vai se antecipar aos companheiros na partida de amanhã pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

No jogo de ida, realizado na Alemanha e no qual o Bayer perdeu por 3 a 1 para o atual campeão europeu, o lateral-esquerdo Michal Kadlec e o zagueiro Manuel Friedrich discutiram asperamente enquanto caminhavam rumo aos vestiários para saber quem ficaria com a camisa que o argentino tinha trocado com um deles.

Depois da polêmica, a diretoria do Bayer resolveu organizar um leilão beneficente com a camisa 10 do Barcelona e arrecadou 11 mil euros.

‘Acho que vou chamá-lo antes do jogo e pedir que me traga uma’, brincou Kiessling na entrevista coletiva antes do confronto desta quarta-feira, no Camp Nou.

O atacante disse esperar que a equipe dê sequência à boa fase que atravessa no Campeonato Alemão para tentar reverter o placar desfavorável na competição continental.

‘Sonhar não custa nada, é claro, mas não é o ideal falar antecipadamente de grandes sonhos. Será uma partida muito difícil. Não ganhar e fazer uma boa apresentação também será ruim’, opinou o atacante alemão de 28 anos. EFE