Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Para Barrichello, Raikkonen não faria um trabalho melhor na Williams

Por Da Redação 6 out 2011, 07h58

Depois do surgimento de especulações envolvendo o retorno do finlandês Kimi Raikkonen à Fórmula 1, mais precisamente na equipe Williams, o brasileiro Rubens Barichello resolveu se manifestar nesta quinta-feira e disse que ninguém, nem mesmo o campeão mundial de 2007, faria algo melhor do que ele na escuderia inglesa.

‘Eu acho que ninguém mais, incluindo Kimi, pode oferecer algo melhor do que eu’, disse o brasileiro. ‘Eles (Williams) já sabem o que eu posso oferecer’.

O piloto mais longínquo da categoria também comentou a vinda de jovens com grandes patrocínios. ‘Pilotos novos podem ter mais dinheiro, mas eles também podem fazer coisas ruins acontecerem na primeira volta e todo esse dinheiro vai embora com as batidas. No fim, a Williams sabe o quão entusiasmado ainda estou com tudo isso, mesmo com o fato de que estamos pilotando um carro que não é competitivo’, acrescentou.

‘Eles sabem o quanto eu me coloquei dentro deste time e o quanto eu quero estar aqui no ano que vem. Nós apenas precisamos esperar e ver o que eles têm a dizer neste ponto, e eu espero que façam isso logo’, completou.

O piloto de 39 anos também admitiu que procuraria um patrocínio que o mantivesse na categoria. No entanto, o que o incomoda é o fato de que a Williams não conversou com ele sobre o assunto. ‘Se a equipe dissesse que isso é preciso, eu trabalharia nisso. Mas eu não entendo se isso é o que eles querem’, concluiu.

Continua após a publicidade
Publicidade